Microsoft libera sistema de treinamento de inteligência artificial para todos

A Microsoft lançou ontem, em licença open-source, uma versão atualizada do Microsoft Cognitive Toolkit, a ferramenta que a empresa utiliza para treinar seus sistemas de inteligência artificial. O código da versão mais recente da ferramenta já pode ser acessado por qualquer pessoa por meio do GitHub.

Essa ferramenta de aprendizagem de máquina já foi utilizada pela empresa para criar diversos recursos para seus clientes, tais como o sistema de tradução simultânea de voz do Skype. De fato, o recurso foi inicialmente lançado pela Microsoft para melhorar os seus sistemas de reconhecimento de voz, com resultados muito positivos: graças a ele, o sistema da empresa atualmente reconhece voz tão bem quanto humanos. O vídeo abaixo fala mais sobre a ferramenta:

Outra aplicação do Microsoft Cognitive Toolkit foi criada pela empresa de eletrodomésticos Liebherr. A empresa criou uma geladeira equipada com câmera inteligente que, por meio da ferramenta da Microsoft, consegue reconhecer os objetos que estão dentro dela. O usuário pode então configurá-la para acrescentar automaticamente qualquer produto que não esteja na geladeira à sua lista de compras.

Diferenciais

Com a liberação do Cognitive Toolkit em código aberto, mais usuários poderão usar a ferramenta da Microsoft para treinar inteligências artificiais a realizar tarefas como as descritas acima. Isso porque a solução da empresa permite o treinamento rápido de redes neurais em grande escala, o que ajuda a deixar os programas "inteligentes" de maneira mais rápida.

Para conseguir fazer isso, a empresa diz ter otimizado o sistema para que ele funcione bem tanto com poucos recursos computacionais (um único notebook) quanto com recursos muito maiores (vários servidores). Essa otimização, de acordo com a Microsoft, permite reduzir o tempo de treinamento das redes neurais desse tipo de várias semanas para apenas algumas horas.

Desenvolvedores interessados na solução da Microsoft também poderão incorporar a ela o seu próprio código escrito nas linguagens Python ou C++. Essa novidade, segundo a empresa, é uma resposta a solicitações de desenvolvedores com os quais ela estava em contato durante a atualização da ferramenta. 

No site do Microsoft Cognitive Toolkit, desenvolvedores podem ter acesso a uma série de materiais explicativos e tutoriais sobre o uso da ferramenta, segundo o Engadget. O código do Toolkit, conforme mencionado acima, já pode ser acessado por meio do GitHub.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ