Netflix ganha menos assinantes do que o esperado em trimestre decepcionante

O crescimento na base de assinantes da Netflix ficou abaixo do esperado durante o segundo trimestre do ano, e isso fez com que as ações da empresa despencassem. Os resultados financeiros referentes ao período entre abril e junho foram divulgados pela empresa, que teve 1 milhão de novos assinantes a menos do que esperava.

A projeção da Netflix era de conquistar 6,2 milhões de novos assinantes ao redor do mundo durante o segundo trimestre de 2018. No balanço financeiro, no entanto, o CEO Reed Hastings revelou que a empresa conquistou 5,15 milhões de novos usuários, o que ele considerou um crescimento "forte, mas não estelar" em uma carta enviada a acionistas da companhia.

O resultado decepcionante da empresa logo atingiu o valor de mercado da Netflix: as ações da empresa despencaram quase 15% após o anúncio do resultado financeiro, fechando a segunda-feira, 17, no valor de US$ 344,24, segundo o Wall Street Journal.

A Netflix atribui o desempenho abaixo do esperado a falhas na previsão internacional, e garante que o aumento recente do valor da assinatura não afetou a conquista de novos clientes. A empresa previa ganhar 5 milhões de assinantes fora dos Estados Unidos, mas teve apenas 4,47 milhões de novos usuários.

Nos Estados Unidos, a expectativa era de 1,2 milhões de assinantes, mas apenas 670 mil pessoas passaram a pagar pelo serviço no período.

Os executivos garantem que o trimestre decepcionante não vai alterar os negócios da empresa. Para conquistar novos usuários, a principal aposta da Netflix é na produção de séries e filmes originais, e o projeto não vai ser modificado por enquanto - a companhia planeja investir US$8 bilhões em conteúdo em 2018.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ