Programa Agro 4.0 investe R$ 4,8 milhões em projetos de agronegócio

Primeiro edital tem inscrições abertas até o dia 26 de setembro e, dará apoio financeiro a 14 projetos pilotos de implantação de tecnologias no setor

Da Redação, editado por Daniel Junqueira 20/09/2020 17h00
Agricultura
A A A

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) lançou o edital do programa Agro 4.0, que dará apoio financeiro a projetos de implantação de tecnologias 4.0 no setor de agronegócio. Ao todo, serão investidos R$ 4,8 milhões em 14 projetos pilotos.


O objetivo do projeto é promover soluções desde os produtores rurais até as startups, por meio de ações de conectividade, internet das coisas, aprendizagem virtual e inteligência artificial, fortalecendo assim, uma rede de inovação no agronegócio brasileiro.

O edital é direcionado para empresas usuárias de tecnologias no setor produtivo, principalmente, produtores rurais e agroindústrias, que irão realizar a adoção de tecnologias 4.0 em suas unidades, fazendas ou plantas. 

iStock-1181712886.jpg

Implantação de tecnologias 4.0, identificam modelos viáveis de aplicação de soluções e, proporcionam eficiência, produtividade e redução de custos. Créditos: PhotoAttractive/Istockphoto.

As inscrições vão até o dia 26 de setembro e, podem ser realizadas no site do Programa Agro 4.0. O edital acontece em cinco etapas, que são: inscrição, seleção/premiação, adoção, avaliação e monitoramento. Contempla as categorias de cadeia produtiva do agronegócio, incluindo empresas dos setores primário, secundário e terciário. Além de que, elas também podem submeter propostas de projetos em parceria com outras instituições.

A premiação varia de R$ 300 mil a R$ 600 mil de acordo com as categorias descritas no edital. Os projetos apresentados serão selecionados ainda este ano. E, após a divulgação, eles têm até sete meses para serem executados e mais um ano para entrega dos resultados. 

O Ministério da Economia, com o Ministério de Tecnologia e Inovações (MCTI) e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), aposta nesta iniciativa como uma maneira de reduzir os custos do agronegócio no país, porém, aumentar a eficiência e a produtividade no setor.

Plano Nacional de Internet das Coisas

O Plano Nacional de Internet das Coisas (IoT) é uma estratégia de inovação e competitividade do Brasil em setores definidos como prioridades pelo Ministério de Tecnologia e Inovações (MCTI), são eles: o agronegócio, saúde, indústria, turismo e cidades inteligentes. O plano prevê a implementação da Internet das Coisas como ferramenta de desenvolvimento sustentável da sociedade brasileira.

Fonte: Governo do Brasil

Tecnologia Inteligência Artificial inovação internet das coisas agricultura
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você