Samsung cresce nos EUA e ultrapassa Apple depois de três anos

Última vez que a fabricante coreana ficou à frente da empresa de Cupertino foi no segundo trimestre de 2017. Em 2020, aparelhos intermediários e demora no lançamento do iPhone 12 contribuíram para vitória

Rafael Arbulu, editado por Wellington Arruda 09/11/2020 12h55
Samsung versus Apple
A A A

Dados divulgados nesta segunda-feira (9) pela empresa de análise de mercado Strategy Analytics confirmaram que a Samsung tomou a dianteira do mercado de smartphones comercializados nos Estados Unidos, ficando à frente da Apple no terceiro trimestre de 2020. A última vez que isso aconteceu foi no ano de 2017.


De acordo com a firma, a fabricante sul-coreana obteve 33,7% de fatia de mercado nos EUA, contra 30,2% da empresa de Cupertino, Califórnia. Em terceiro lugar vem a LG, com 14,7%. Pela análise, o avanço da Samsung se deu pela adoção crescente dos aparelhos de entrada e intermediários lançados por ela, embora o levantamento também reconheça que os topos de linha, como o Galaxy Note 20 e o Galaxy Z Fold 2 também tenham trazido a sua importância.

Mais além, a Strategy Analytics afirmou que a Apple perdeu a oportunidade de ser mais combativa neste período ao ter "demorado" para lançar o iPhone 12. Quando o smartphone foi revelado, na primeira quinzena de outubro, o período de análise contemplado pela empresa de dados já havia terminado.

Reprodução

Chegada do Galaxy Z Fold 2 (foto) e lançamento de aparelhos intermediários ajudaram a Samsung a assumir a liderança do setor nos EUA, vencendo a rival Apple. Imagem: Samsung/Divulgação

Guerra aberta

O quarto trimestre de 2020 e o início de 2021 é que devem representar uma corrida mais acirrada pela liderança para a Samsung: no período mais próximo, que contempla os meses de outubro, novembro e dezembro de 2020, as vendas relacionadas ao lançamento do iPhone 12 serão consideradas pelas empresas de análise de mercado – e a Samsung não parece ter grandes novidades em vista para o final deste ano.

Paralelamente, no mercado asiático, a empresa segue em competição mais firme com a chinesa Huawei. No segundo trimestre de 2020, a fabricante do Mate 40 Pro chegou a assumir a posição de liderança global de empresas de smartphones, com a Samsung retomando o lugar no trimestre seguinte.

Agora, a empresa sul-coreana deve aproveitar o mês de janeiro de 2021 para aplicar mais um golpe à Huawei: segundo vários especuladores, rumores e leakers, o primeiro mês do ano que vem marcará o lançamento do Galaxy S21 (ou Galaxy S30, dependendo de para quem você perguntar). Isso seria uma antecipação ao costumeiro lançamento de novos modelos da principal série da Samsung, que normalmente faz isso em fevereiro.

Os efeitos de ambos os lados ainda não são conhecidos, mas o mercado promete ser bem mais aquecido do que se possa esperar.

 

Fonte: Korea Herald

Mercado Apple Smartphones Negócios Samsung Apple x Samsung
Assinar newsletter
Assine nossas newsletters e receba conteúdos em primeira mão
enviando dados - aguarde...
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você