Uber anuncia chegada a Buenos Aires e taxistas já se preparam para protestos

O aplicativo de serviços de transporte Uber anunciou, através de suas redes sociais, que estará disponível em Buenos Aires, capital da Argentina, a partir desta terça-feira, 12. "Buenos Aires. Seu Uber está chegando! Hoje a partir das 4pm você poderá pedir seu carro. #UberARG", publicou a empresa no Twitter.

Assim como em outros lugares do mundo, incluindo o Brasil, os taxistas locais não estão felizes com a novidade e já estão programando uma mobilização para o dia 6 de maio. O Uber ainda não tem autorização do governo da cidade para funcionar.

O prefeito de Buenos Aires, Horacio Rodríguez Larreta, disse que defenderá "o transporte legal" e que a empresa deverá "cumprir com as normas" para poder operar, que inclui verificação técnica e licença profissional dos motoristas.

No final de março, a empresa iniciou as entrevistas com os interessados em participar do serviço, sendo que em apenas dois dias, foram mais de 10 mil candidaturas. O Uber chegou a afirmar que motorista poderiam ganhar 12 mil pesos argentinos em uma semana, trabalhando 60 horas.

A chegada do serviço no país deve gerar uma mudança brusca no turismo local. Os taxistas argentinos são conhecidos por aplicar golpes em turistas desavisados, como fazer um trajeto mais longo para cobrar mais caro e até trocar o dinheiro recebido por notas falsas. Além disso, os carros costumam estar em más condições.

Via Clarín

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ