YouTube muda regras para usuários ganharem dinheiro com anúncios, diz usuário

Usuários norte-americanos do YouTube dizem que a plataforma atualizou as suas regras de monetização através da publicidade restringindo a forma como alguns youTubers ganham dinheiro com os seus vídeos.

De acordo com as regras, vídeos com conteúdo impróprio para anunciantes não terão mais os anúncios no início. A plataforma diz que “linguagem inapropriada, incluindo o assédio, palavrões e linguagem vulgar” é classificado como conteúdo considerado impróprio para publicidade.

Vídeos com conteúdo de “humor sexual, nudez parcial, violência, promoção de drogas e assuntos relacionados com a guerra, conflitos políticos, desastres naturais e tragédias” também entram nas restrições publicitárias.

O youtuber Philip DeFranco postou um vídeo intitulado "O YouTube está a encerrando o meu canal e eu não sei o que fazer". Na publicação, ele revela que tem recebido advertências do site sobre seus vídeos.
DeFranco acredita que a sua linguagem e os temas que ele aborda levaram seus vídeos a serem marcados como "não compatível com anunciantes".

Já o youtuber Arin Hanson lembra que esse tipo de conteúdo sempre foi sinalizado pelo YouTube como inadequados para os anunciantes e que agora está mais claro quais são as regras. 

Em posicionamento, o Google informou que a sua plataforma de vídeos não alterou as políticas de monetização, mas o que aconteceu é que eles melhoraram a comunicação com os usuários. "Para garantir uma melhor comunicação, nós recentemente melhoramos as notificações e o processo de apelação".

Via BBC

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ