Compartilhe com seus seguidores
A A A

Carregador de celular: como escolher o melhor

Redação Olhar Digital 22/12/2018 19h00

Eles são uma alternativa quando a bateria não aguenta o dia todo e especialmente quando estamos longe de uma tomada.  E ficar sem celular hoje em dia é complicado. Por isso os carregadores portáteis ou power banks são uma espécie de salva-vidas da modernidade.

Mas esse acessório ainda gera muita desconfiança por parte do usuário. Vamos então a algumas explicações para essa desconfiança: existem carregadores mais e menos eficientes, e aqueles que são mais potentes. Ou pode ser também que o carregador que você usou não era o mais adequado para o seu smartphone.

Vamos mostrar agora como escolher o power bank certo para o seu aparelho. Se você não quer saber mais de fios, algumas marcas já desenvolveram carregadores que se encaixam no aparelho, como esse que é magnético e é carregado junto com o celular. Outro tipo é o carregador por indução eletromagnética, em que o aparelho só precisa ficar em cima da base para completar a bateria.

E os mais conhecidos, que são os carregadores com fio. E claro, o seu bolso vai ser o guia na hora de escolher. Tanto os carregadores magnéticos quanto aqueles por indução são bem mais caros, mas quando falamos dos carregadores para qualquer dispositivo, existem aqueles de trinta, quarenta reais, e os que passam dos 140. Esses ainda precisam ser conectados a uma tomada.  Fora o preço e a aparência, o tempo de carga também deve ser avaliado.

Para começar, existem algumas informações importantes descritas nas embalagens. Esse número seguido de m. A. H... É a capacidade de carregamento em miliamperes hora. O Fábio Appel, é coordenador de produtos de uma empresa que fabrica os equipamentos. Ele explica que o ideal é comprar um carregador com uma capacidade maior do que a do seu smartphone.

Outro ponto é a amperagem, representada pela letra A. É a medida da corrente, que na prática vai determinar o tempo que o carregador portátil vai levar para completar a carga do aparelho.

Nos aparelhos mais novos, não existe mais aquela história de viciar a bateria. O que existe é a vida útil da bateria, e do carregador portátil também. Então tanto faz carregar enquanto o celular ainda tem carga ou quando ela está acabando. Se os carregamentos não estão dando certo, pode ser porque, vamos dizer assim, a missão dele na terra já foi cumprida e está na hora de substitui-lo por um novo. E tem algo muito mais importante do que preço, estética ou tempo de carregando. Estamos falando de segurança. Assim como os próprios smartphones, os carregadores portáteis vendidos no brasil precisam ter esse selinho da anatel, que atesta que eles passaram por testes rigorosos.

Um último lembrete: carregadores portáteis, assim como baterias e aparelhos eletrônicos em geral, precisam ser descartados em locais adequados para não poluir o meio ambiente. Nada de jogar no cesto de lixo comum. Já há vários locais de coleta de lixo eletrônico espalhados pelas cidades; em lojas, shopping centers e até supermercados. Então, faça sua parte!

Celulares Smartphones Bateria smartphone
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você