Com criatividade, brasileiros transformam memes em profissão

O objetivo principal ainda é estampar um sorriso de quem está do outro lado da tela. Mas já tem brasileiro se preparando para tentar ganhar dinheiro fazendo memes. É, transformar o hobby em profissão.

Em forma de fotos, vídeos ou montagens, os memes fazem parte da história da internet. Você certamente já teve contato com algum. Não basta ser engraçado. A principal característica dessas peças de humor é o fato de elas se espalharem de forma muito rápida, se tornando muito populares em toda web. No Brasil, grupos de criadores de memes se organizam para profissionalizar a ideia.

Além da mente criativa sempre em ebulição, o pessoal que se propõe a criar memes diariamente precisa estar ligado o tempo todo a tudo o que está acontecendo no mundo. Como o Lucas explicou, um meme pode nascer de diferentes fontes, mas é importante que ele seja atual – ideia velha não bomba na internet.

Algumas páginas de memes chegam a reunir mais de um milhão de integrantes. Mais do que produzir e difundir, eles filtram e selecionam as melhores montagens. Cerca de 10% é aprovado; tudo com base em um código de ética criado pelos próprios criadores de memes.

Nenhum dos criadores ou moderadores de memes recebe salário; pelo menos por enquanto. Mas todos os envolvidos acreditam que começar a fazer uma grana a partir dos memes é questão de tempo. E eles já estão preparados para isso. Algumas empresas de publicidade já sondam esses grupos para a produção de memes para serem usados como forma de marketing viral para seus produtos ou marca.

De qualquer forma, mesmo sem ganhar dinheiro, para todos eles a satisfação de ver suas ideias e criações viralizarem nas redes sociais não tem preço.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.


RECOMENDADO PARA VOCÊ