Compartilhe com seus seguidores
A A A

Correios entram em greve

Luiza Tozzato, editado por Renato Santino 11/09/2019 21h00

Após reuniões de assembleias pelo país, sindicatos que representam os funcionários dos Correios decidiram entrar em greve ontem às 22h. O movimento será por tempo indeterminado e todos os serviços da estatal serão afetados. 

Segundo a categoria, o motivo da greve é em defesa de direitos conquistados e em resposta a não apresentação de propostas de melhorias salariais e de trabalho. A entrada dos Correios na lista do Programa de Parcerias de Investimentos, o que seria um início de um processo de privatização da estatal, também influenciou o movimento.

Os funcionários dos Correios já vêm desde junho negociando novos acordos trabalhistas, no entanto a empresa ainda não aceitou os termos apresentados. O acordo ficou vigente até o começo de agosto e diversas conversas foram realizadas a fim de evitar greves. Quando o prazo do dia 31 do mês se esgotou, os Correios optaram por não prolongar a situação por mais um mês. O resultado foi o retorno de uma organização por parte dos trabalhadores e uma paralização. Em agosto, o governo anunciou a privatização da estatal, mas o processo não deve ser finalizado em 2019.

Brasil correios privatização greve
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você