Compartilhe com seus seguidores
A A A

Lawtechs e legaltechs: prepare-se para uma nova Justiça

Redação Olhar Digital

Uma área marcada pela tradição e por usar uma linguagem mais formal e métodos de trabalho mais engessados está se rendendo cada vez mais à tecnologia. Estamos falando do direito.  Já existem iniciativas digitais voltadas para esse segmento: são as lawtechs e legaltechs, que facilitam a vida dos advogados.

A justiça brasileira tem na fila ... E que fila viu, cerca de 100 milhões de processos em tramitação. Os números são da OAB, a ordem dos advogados do brasil. Encarar essa quantidade de processos, dados, atas, decisões anteriores, tudo isso é um desafio para um milhão de advogados que atuam no país. E foi justamente por ver essa ligação entre o direito e essa enxurrada de informação, que o advogado Renan Oliveira, desenvolveu uma plataforma para ajudar os colegas. Ele criou um site voltado para os profissionais de direito que lidam com aposentadorias e pensões. O previdenciarista está no ar desde 2013 e já soma mais de dois milhões de visitas. Renan é do Rio Grande do Sul e conversou com a equipe do Olhar Digital por Skype.

Plataformas e empresas como esta são conhecidas como lawtechs ou legaltechs. Já são mais de 100 startups jurídicas no brasil. Elas reúnem processos do país inteiro, decisões anteriores, modelos de petições e artigos voltados especialmente para esse público.  Assim, além de facilitar o trabalho espalham conhecimento.

Os processos digitais já substituem visitas desnecessárias a fóruns. Sem contar a economia de papel. O planeta terra agradece!

Nesse escritório de advocacia especializado em economia digital, os advogados também usam a tecnologia para gerenciar os projetos, cumprir prazos e metas.

Ou seja, hoje em dia, além de conhecer profundamente as leis, os advogados precisam entender também de tecnologia. Para este especialista em direito digital, as novas gerações de advogados já estão mais conectadas.

E se você está imaginando que na área jurídica é necessário reinventar a roda, criar programas revolucionários para simplificar o judiciário, olha, o uso da tecnologia pode ser bem mais simples do que você pensa.

Ainda vai demorar um pouco para que todos os advogados troquem definitivamente os papeis pelos arquivos digitais, e as consultas a livros pela leitura na tela do computador. Enquanto isso, as lawtechs e legaltechs dão aquela força.  E olha, muita coisa ainda pode surgir nessa área, com as startups recebendo novas demandas.

Direito Digital startup justiça startups
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você