O primeiro bebê registrado com Blockchain do mundo é brasileiro

Henrique Freitas, editado por Roseli Andrion 01/11/2019 21h35
Bebê
Clique aqui para assistirO primeiro bebê registrado com Blockchain do mundo é brasileiro
A A A

A empresa norte-americana, IBM revelou essa semana que registrou o primeiro bebê do Brasil por meio de blockchain. O bebê chamado Álvaro de Medeiros Mendonça, nasceu no dia 8 de julho desse ano, no estado do Rio de Janeiro, e o processo de registro foi todo realizado por meio digital e seguindo todas as normas e procedimentos legais.

O registro de Álvaro foi feito através da rede Notary Ledgers da empresa Growth Tech, uma subsidiaria da IBM que oferece serviços cartoriais digitais usando a tecnologia de Blockchain. O projeto de registro de bebês foi um piloto que, além da plataforma da IBM, contou com a parceria do 5º Registro Civil de Pessoas Naturais da Cidade do Rio de Janeiro e da Casa de Saúde São José, onde o bebê nasceu. O projeto já estuda ampliar parcerias com outras maternidades do país.

Desde que foi criada, a tecnologia Blockchain vem sendo associada à promessa de uma revolução da forma de emitir qualquer tipo de documentação. Isso porque o sistema descentralizado traz mais segurança e rapidez às transações. Com uma ampliação da adoção de registros como o de Álvaro, dados importantes podem passar a trafegar na mesma rede, tirando a burocracia de processos como a confecção de registro de imóveis ou certidões de casamento.

IBM Brasil crianças criptomoedas blockchain cartório registro registro digital
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você