Compartilhe com seus seguidores
A A A

Projeto brasileiro vai receber 180 milhões de investimento

Fabrício Filho, editado por Renato Santino 15/10/2019 19h10

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), pediu ao Ministério da Economia que o valor de 180 milhões de reais, previsto no orçamento de 2019, seja liberado para o Projeto Sirius. Por ora, o dinheiro está contingenciado e não há prazo para o pagamento, mesmo com o pedido. Enquanto isso, o laboratório de luz síncroton de quarta geração segue em construção em Campinas no interior de São Paulo. O laboratório é um dos projetos científicos mais inovadores e modernos no Brasil. Com a luz síncroton gerada pelo Sirius, os pesquisadores conseguirão analisar em escala de átomos e moléculas diversos materiais. Desta maneira, inúmeras áreas da pesquisa brasileira e internacional podem ser revolucionadas. Na área da saúde, por exemplo, ele permite um melhor estudo do cérebro humano, possibilitando o desenvolvimento de cura ou tratamentos para doenças degenerativas como Parkinson e Alzheimer. Hoje em dia, apenas a Suécia está operando um laboratório de 4ª geração de luz síncroton, o MAX-IV. 

Pesquisa Tecnologia Ciência MCTIC
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você