Compartilhe com seus seguidores
A A A

Review: Motorola One Zoom traz leitor de impressões digitais na tela

Alvaro Scola 18/09/2019 17h25

Com performance mediana, aparelho intermediário da marca conta com quatro câmeras traseiras que fazem boas imagens

A linha Motorola One teve início no ano passado e cada vez mais tem ganho novos aparelhos para o seu portfólio. O último deles é o Motorola One Zoom, um smartphone intermediário premium equipado com 4 câmeras traseiras e um leitor de digitais integrado a tela. Confira nossas impressões sobre ele.

Design e acabamento

O Motorola One Zoom traz um acabamento premium adotando o material de vidro na parte traseira, que aparenta ser bem resistente e tem a proteção do Gorilla Glass 3. O aparelho está disponível nas cores bronze, titânio e violeta e diferente do que foi visto no Motorola One Vision ou Action, as suas câmeras traseiras ocupam um bom espaço de seu corpo junto ao logo da marca, que é decorativo e pode ser aceso ou apagado. Quem prefere algo mais discreto, pode acabar não gostando do visual do aparelho devido a estes detalhes da câmera saltada e do logo, que quando aceso é bem chamativo.

Reprodução

Na questão da tela, a Motorola colocou um display OLED de 6,4 polegadas com resolução de 2340 por 1080 pixels na proporção 19 e meio por 9, tendo nele o leitor de impressões digitais do aparelho, que apresenta um bom tempo de resposta e pode ser utilizado até no Moto Tela. Mais uma diferença dele para os aparelhos mais recentes da linha Motorola One, fica pela câmera frontal estar em um notch em gota e não ocupando um espaço no meio do seu display.

Reprodução

No geral, o aparelho mostra um bom aproveitamento da tela e apresenta uma imagem com um bom nível de brilho e cores vivas sem ter uma saturação elevada. Ainda em seu corpo, o celular conta com uma entrada P2 para fones de ouvidos, uma porta USB tipo C e os clássicos botões de volume e Power.

Especificações técnicas e performance

No que diz respeito às especificações, o Motorola One Zoom vem com um processador Octa-Core Snapdragon 675, 4 GB de memória RAM e 128 GB de espaço para armazenamento expansível com cartão microSD. Diferente do que seu nome sugere, o Motorola One Zoom vem apenas com o Android 9 Pie, sem ser de fato um aparelho com o Android One. A sua interface ainda continua bem pura e o sistema tem ao menos uma atualização garantida, que é a do Android Q.

No desempenho, o Motorola One Zoom não decepciona para rodar aplicativos e responde rápido a qualquer ação. Já para jogos, este é o primeiro aparelho da linha One da Motorola capaz de rodar o Fortnite, mas o seu desempenho é apenas mediano. Isto quer dizer que você conseguirá jogar praticamente tudo da Google Play, mas espere alguns engasgos ou lentidões momentâneas.

As Moto Ações também marcam presença aqui para facilitar a ativação da câmera, lanterna e outros recursos básicos. O Motorola One Zoom conta com uma bateria de 4.000 miliamperes e consegue aguentar um dia de uso normal longe do carregador, enquanto a sua recarga leva um pouco mais de 90 minutos para ser efetuada.

Câmeras

Para quem está interessando em tirar fotos e vídeos, o Motorola One Zoom traz algumas novidades, mas apresenta resultados mistos. O aparelho conta com quatro câmeras traseiras, sendo uma wide de 48 megapixels com abertura f/1.7, uma segunda teleobjetiva de 8 megapixels com abertura f/2.4, uma terceira ultrawide de 16 megapixels com abertura de f/2.2 e a última de 5 megapixels com um sensor de profundidade.

O aparelho consegue tirar fotos com um alto nível de detalhes e cores fiéis ao que é visto em ambientes iluminados, não as deixando saturadas. Como o nome sugere, um dos diferenciais deste celular é o seu zoom óptico de até três vez, que além de funcionar bem, não distorce qualquer elemento da imagem.

Reprodução

Outro recurso a marcar presença é o modo noturno, que até pode quebrar um galho em ambientes bem escuros, mas não é tão eficaz. Além de apresentar cores que não condizem com o cenário e distorcer elementos do cenário, qualquer mínimo movimento do que está sendo capturado borra a foto final. Já os outros modos do aparelho funcionam bem, inclusive o modo manual ou profissional, que é bem simples de ser manuseado.

Reprodução

Os vídeos podem ser capturados até na resolução 4K com 30 quadros por segundo. A qualidade deles, entretanto, fica inferior ao que é visto nas fotos e eles parecem ficar acelerados quando são reproduzidos. Um outro recurso divertido do aparelho fica para os adesivos de realidade aumentada, que trazem playmojis e adesivos para os cenários. A câmera frontal para selfies apresenta os mesmos resultados que vimos nas câmeras traseiras com uma boa qualidade no geral, inclusive, podendo gravar vídeos no modo de câmera lenta.

O Motorola One Zoom é um smartphone que não apresenta muitas inovações, mas traz alguns recursos de aparelhos premium em um celular intermediário como a proteção do Gorilla Glass e o leitor de impressões digitais na tela. Na questão de performance, ele não decepciona e dá conta do recado com folga para rodar aplicativos e jogos mais leves, sofrendo mais com jogos pesado, enquando a sua autonomia é boa devido a bateria de 4.000 miliamperes hora.

A sua câmera também é bem competente, mas mostra que existe espaço para melhorias, principalmente no modo noturno e para a gravação de vídeos. O Motorola One Zoom foi lançado em setembro de 2019 com o preço sugerido de 2.499 reais, mas já pode ser adquirido na loja online da marca por 2.000 reais a vista.

Smartphones Motorola review smartphone videoreview reviews
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você