Compartilhe com seus seguidores
A A A

Review do Zenfone Max Pro M2: smartphone alia desempenho e autonomia

Alvaro Scola, editado por Liliane Nakagawa 20/09/2019 21h30

Nova aparelho intermediário do Asus traz bateria que aguenta mais de um dia e boa performance, mas poderia melhorar seus modos para fotos

A linha Zenfone da Asus tem diferentes aparelhos para atender as mais diversas necessidades. O último deles a ser lançado no Brasil se trata do Zenfone Max Pro, um aparelho intermediário com uma bateria de 5 mil miliamperes hora e duas câmeras traseiras com inteligência artificial. Veja o que nós achamos dele.

Design e acabamento

O Zenfone Max Pro está disponível nas cores Titanium e Black Sapphire, adotando o plástico como material para a sua parte traseira, tendo nela as câmeras bem rentes ao corpo e um discreto leitor de impressões digitais. O acabamento dele acaba sendo bem bonito e abusa do reflexo da luz dos ambientes, sem apresentar marcas de dedo com tanta facilidade.

Reprodução

Já para a tela, o Zenfone Max Pro traz um display LCD de 6,26 polegadas com resolução de 2280 por 1080 pixels na proporção 19 por 9, que conta com a proteção do Corning Gorilla Glass 6 contra trincos e arranhões. No geral o aparelho consegue entregar uma boa imagem, mas o seu nível de brilho é um pouco baixo, a não ser quando utilizado no máximo, o que não deixa as suas cores tão vivas.

Reprodução

Por sua vez, a sua câmera frontal fica disposta em um pequeno notch e, no corpo do aparelho, ainda estão os botões de volume, power, uma entrada para fones de ouvido e uma porta micro USB.

Reprodução

Especificações técnicas e performance

Para a questão técnica, o Zenfone Max Pro traz um processador Octa-core Snapdragon 660, GPU Adreno 512, 4 GB de memória RAM no modelo brasileiro e 64 ou 128 GB espaço para armazenamento expansível com cartão microSD. O sistema instalado por padrão no aparelho é o Android 8, mas ele já tem disponível a atualização para o Android 9 Pie.

Algo positivo a ser ressaltado, é que a Asus adotou uma interface bem limpa para o sistema do Google, que o deixa bem leve e quase com uma experiência pura, além de trazer poucos apps pré-instalados além de suas ferramentas como é o caso do Facebook, Messenger e Instagram.

Reprodução

Na questão de desempenho, o aparelho não decepciona para rodar aplicativos e mostra um bom tempo de resposta para ações realizadas neles. Já para jogos, o Zenfone Max Pro consegue rodar bem os jogos mais leves, mas os games mais pesados apresentam uma ou outra lentidão, que não chegam a estragar a experiência num todo.

Ainda nas especificações, o ponto mais positivo do aparelho vai para a sua bateria, que é de 5.000 miliamperes hora. Graças a ela, é possível usar o aparelho longe do carregador por mais de um dia sem problemas com uma utilização comum de aplicativos. O seu tempo de carregamento também não é grande, levando um pouco menos de duas horas para efetuar uma carga completa.

O único ponto negativo nas especificações técnicas fica para a questão do aparelho não trabalhar bem com redes de 5 GHz devido a adotar o padrão b/g/n.

Câmeras

Para tirar fotos, o aparelho da Asus apresenta resultados interessantes, mas nem sempre constantes. O Zenfone Max Pro traz duas câmeras traseiras, sendo a primeira de 12 megapixels com abertura f/1.8 e a segunda de 5 megapixels com abertura f/2.4, fazendo o uso de inteligência artificial para aprimorar as imagens capturadas. No geral, as fotos tiradas com o Zenfone Max Pro mantêm uma boa qualidade e com bastante detalhes, mas nem sempre ele acerta o seu nível de contraste, o que pode resultar fotos com cores menos vivas.

Reprodução

Um de seus destaques são os filtros pré-definidos, que contam com diversas opções e para o modo de embelezamento, que arruma imperfeições na pele de pessoas de forma automática. Já para quem gosta de dar ênfase em alguém ou em algum objeto, o Zenfone Max Pro ainda traz o modo retrato, que também usa a inteligência artificial para aprimorar seu resultado, que é interessante e tem diversos níveis de desfoque.

Reprodução

O aparelho ainda conta com um modo noturno, que até ajuda em algumas situações, mas depende de um nível mínimo de iluminação no ambiente para fazer um bom trabalho. Nas fotos abaixo, que foram redimensionadas, você vê uma mesma imagem capturada sem e com o modo noturno ativado.

Reprodução  Reprodução

Para vídeos, o Zenfone Max Pro realiza gravações na resolução máxima de 4K a 30 quadros por segundo, tendo direito a estabilização óptica, que amenizam tremidas para vídeos capturados em Full HD.

Para quem está mais interessado nas selfies, o smartphone conta com uma câmera de 12 megapixels e abertura de f/1.8 com um flash LED. Os resultados dela em ambientes claros são bem eficientes e, um ponto positivo, é que ela consegue usar praticamente todos os recursos de fotos e efeitos vistos nas câmeras traseiras do aparelho.

Conclusão

O Zenfone Max Pro é um smartphone intermediário que traz um bom desempenho para aplicativo e jogos pequenos aliado a uma bateria capaz de deixá-lo com uma grande autonomia. O seu acabamento chama a atenção, assim como ter a proteção do Corning Gorilla Glass 6 para a sua tela.

Já para fotos, apesar de não trazer um resultado ruim, ainda existe espaço para algumas melhorias, como para o seu modo noturno que não se adapta bem a todos ambientes. O Zenfone Max Pro foi lançado no mês de setembro de 2019 no Brasil e pode ser adquirido na loja online da marca por 1699 reais.

Smartphones Asus review zenfone smartphone videoreview reviews Zenfone Max Pro M2
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você