Compartilhe com seus seguidores
A A A

Review iPhone 11 Pro: Apple não inova, mas qualidade da câmera surpreende

Alvaro Scola 17/10/2019 14h10

Novo iPhone entrega ótima performance e umas da melhores câmeras do mercado, mas não traz recursos inovadores

Em evento realizado durante agosto desse ano, a Apple finalmente revelou todos os detalhes do iPhone 11. Como era esperado, o aparelho chamou a atenção pelo seu design diferente para as câmeras e por outras novidades, que já eram aguardadas pelos fãs da marca.

Possuindo três versões diferentes, o Olhar Digital recebeu uma unidade do iPhone 11 Pro para testes, que traz três câmeras e é considerado o modelo “do meio” da série 11. A seguir, confira em detalhes o que nós achamos do iPhone 11 Pro.

Design e tela

O acabamento do iPhone 11 Pro conta com o material de vidro para a sua parte frontal e para a parte traseira, tendo também elementos de aço para o corpo. Apesar de ser de vidro até mesmo na parte traseira, o iPhone 11 Pro praticamente não pega marcas de dedos, o que lhe deixa sempre com uma aparência bonita.

As suas câmeras traseiras chamam bastante a atenção por conta do grande espaço dedicado a elas. O seu design, é verdade, não é dos mais bonitos, mas ao menos as lentes ficam bem rentes ao corpo do aparelho, diferente do que algumas fotos podem sugerir e, é claro, isto evita que elas sejam riscadas ou danificadas com facilidade.

Reprodução

Já para o display, o iPhone 11 Pro conta com uma tela Pro Super Retina XDR OLED, que tem 5,8 polegadas e está na proporção 19.5:9. No geral, o aparelho consegue apresentar uma boa imagem e com cores vivas, sendo o mais impressionante o seu nível de brilho, que é bem alto.

A sua resolução é um pouco mais baixa do que vimos em outros aparelhos topo de linha, sendo ela de 2436 x 1125 pixels, mas isso não deixa a imagem ruim ou com menos nitidez em nenhum momento. Outro detalhe importante a ser notado, é que a frequência da tela do iPhone 11 Pro é de 120 Hz, o que lhe garante bastante fluidez ao ver vídeos ou na hora de jogar algo.

Reprodução

Mantendo praticamente os mesmos detalhes desde o iPhone X, no corpo do aparelho só estão presentes os botões de volume, power e uma chavinha, que serve para ativar ou desativar o modo silencioso. Além deles, o aparelho também tem uma saída lightning para ele ser carregado ou ter um fone de ouvido conectado.

Reprodução

Já o cabo que acompanha o aparelho sofreu mudanças e, agora traz uma ponta lightning e outra ponta USB C. Esta mudança é bem-vinda devido aos benefícios da USB C, que tem, por exemplo, uma velocidade de transferência de arquivos maior, mas muitas pessoas que possuem um computador mais antigo precisarão recorrer a um outro cabo com uma ponta USB ou a um adaptador quando precisarem usá-lo com o PC.

Para manter tudo isto protegido, o iPhone 11 Pro conta com a certificação IP68, que o deixa resistente a água e a poeira, enquanto as suas partes de vidro possuem uma proteção extra contra riscos.

Reprodução

Especificações técnicas e performance

No que diz respeito as configurações, o iPhone 11 Pro traz o novo processador hexa-core Apple A13 Bionic de 7 nanômetros, 4 GB de memória RAM e opções de 64, 256 ou 512 GB de espaço para armazenamento. Apesar da quantidade de memória RAM parecer baixa para os padrões atuais, o iPhone 11 Pro impressiona em sua performance e não demonstra qualquer problema por conta dela.

O novo aparelho da Apple consegue rodar qualquer programa sem lentidão, como era de se esperar e, quando o assunto é jogos, mesmo os títulos mais pesados têm telas de carregamento rápidas e nenhuma lentidão nas partidas. Já o iOS, o sistema do iPhone, é claro, se mostra otimizado como de costume e funciona sem maiores problemas.

Para acompanhar esta configuração, iPhone 11 Pro traz uma bateria de 3.406 mAh, que também não impressiona pela sua capacidade. Apesar disso, graças a uma boa otimização de seu processador, o iPhone 11 Pro tem uma autonomia para ficar um pouco mais de 10 horas longe do carregador, o que é o suficiente para um dia de uso normal do dispositivo. Um ponto positivo aqui também vai para o tempo de carregamento do celular, que em apenas meia hora realiza 50% de carga da sua capacidade total.

Câmera e fotos do iPhone

O iPhone 11 Pro traz muitas novidades para a sua parte de fotos ao começar com as suas câmeras. O aparelho conta com três lentes, que são:

  • Uma Wide de 12 megapixels e abertura f/1.8;
  • Uma telegráfica de 12 megapixels e abertura f/2.0;
  • Uma ultrawide de 12 megapixels e abertura f/2.4.

Os resultados obtidos com a câmera apresentam cores bem vivas e apresentam um grande nível de detalhes, tendo como um forte aliado, o processamento de imagens. Inclusive, a sua lente ultrawide ou grande angular, que marca presença pela primeira vez em um equipamento da Apple traz imagens incríveis. Confira algumas imagens capturadas com o aparelho:

Reprodução

Foto em ambiente fechado

Reprodução

Foto em ambiente aberto

Reprodução

Foto em ambiente aberto sem usar a lente grande angular

Reprodução

Foto com a lente grande angular

Já o modo noturno, que também aparece pela primeira vez em um aparelho da Apple funciona muito bem e traz cores bem fiéis ao que é capturado, inclusive, contando com um recurso que permite a você ver ambientes escuros iluminados em tempo real quando ativado.

Reprodução

Foto a noite sem ativar o modo noturno

Reprodução

Foto a noite com o modo noturno ativado

Para selfies, o iPhone também realiza um bom serviço, inclusive, contando com um modo retrato, que traz uma quantidade generosa de filtros. Aqui, também vale lembrar, o iPhone 11 introduziu as “slofies”, que são vídeos de selfies em câmera lenta. O único ponto negativo neste quesito de selfies fica por conta da ausência de um modo noturno para elas.

Reprodução

Selfie sem filtros

 Reprodução

Selfie com modo retrato

Reprodução

Selfie com modo retrato usando outro filtro

Sistema

Para a parte do sistema, o iPhone 11 Pro vem com o iOS na versão 13 com um número alto de apps pré-instalados, sendo que alguns não são muito úteis. Felizmente, como é padrão da Apple, a maioria destes aplicativos podem ser desinstalados e re-instalados com a App Store.

Já para as novidades do iOS 13, um dos recursos que mais chama a atenção é a possibilidade de evitar receber ligações e mensagens de números de telefone fora de sua lista de contatos. O teclado virtual do iPhone também foi outro a mudar e, pela primeira vez, traz de forma nativa o modo “Swipe” para digitar mais rápido.

Um dos aplicativos que também recebeu novos recursos, foi o “Fotos”. Agora, pelo aplicativo padrão da Apple para visualizar imagens, é possível fazer edições simples em vídeos com uma boa quantidade de ferramentas. Para a questão de desbloqueio do aparelho, assim como tem feito desde o iPhone X, a Apple manteve aqui o Face ID, que continua a funcionar com bastante eficiência.

Conclusão

O iPhone 11 Pro é um aparelho que não traz muito recursos inovadores, mas que acerta em praticamente tudo ao que se propõe fazer. O novo processador da Apple realmente demonstra um desempenho impecável e traz agilidade para qualquer tarefa, além de se mostrar otimizado para não consumir muita bateria. Ainda assim, é verdade, a bateria da Apple poderia ter um tempo de duração maior.

Já as fotos são o grande destaque do aparelho da Apple, que apresenta uma qualidade muito boa e todos os modos bem funcionais. As novas lentes realmente têm um posicionamento estranho e que chama a atenção, mas o iPhone 11 Pro ainda é um aparelho bonito e com um ótimo acabamento.

O iPhone 11 Pro tem o seu lançamento no Brasil marcado para o dia 18 de outubro com preços a partir de R$6.999, que variam de acordo com o espaço de armazenamento.

iPhone Apple review videoreview reviews iphone 11 iPhone 11 Pro
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você