Tecnologias prometem aprendizado de inglês mais rápido

Em muitas salas de aula, o uso da tecnologia está invertendo os papéis. O professor continua lá, responsável pela turma, mas especialmente nos cursos de idiomas, deixou de ser a única fonte de informação dos alunos há algum tempo…

O Brasil é o país com maior número de escolas de inglês do mundo. Ainda assim, apenas 3% da população realmente domina o idioma. E se o modelo tradicional para aprender uma nova língua já não tem mais a mesma eficiência do passado, o uso de novas tecnologias como Big Data, Inteligência Artificial e até Realidade Virtual está transformando essa realidade.

Esta startup do sul do país apostou na Realidade Virtual dentro das salas de aula. Com conteúdo em vídeo em 360 graus todo produzido no Brasil, o aluno participa de um seriado em que vive o personagem principal em primeira pessoa. São várias cenas do cotidiano para testar a fala e o que foi aprendido em aula. Com os óculos de Realidade Virtual, é como se cada um pudesse ser teletransportado para fora do Brasil a cada aula em um episódio diferente…

Esta outra grande escola de idiomas lançou recentemente um assistente pessoal baseado em Inteligência Artificial como nova ferramenta do curso de inglês. Fazendo os exercícios em uma plataforma conectada, o professor é capaz de avaliar cada aluno, em tempo real, para oferecer uma experiência mais personalizada de ensino baseada nas principais dificuldades de cada um.

Aplicativos para dispositivos móveis também já usam bots dotados de inteligência artificial para ensinar um segundo idioma; as ferramentas se transformam em uma espécie de professor virtual que conversa, ensina e também aprende a oferecer o conteúdo adequado para cada aluno a partir das informações coletadas a cada uso da plataforma.

Nas escolas, o uso da tecnologia consegue reduzir o tempo de conclusão de um curso de inglês e também oferecer um aprendizado mais dinâmico e eficiente. Outra grande mudança nos cursos está na hora de avaliar o aluno. Provas não são mais necessárias a partir do momento em que é possível medir o aproveitamento individual a cada aula - um termômetro preciso para entender quanto cada aluno absorveu de determinado conteúdo.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.


RECOMENDADO PARA VOCÊ