Compartilhe com seus seguidores
A A A

Xiaomi promete novas lojas no Brasil

Henrique Freitas, editado por Renato Santino 01/08/2019 20h08

Segundo pesquisa divulgada pelo IDC, o número de aparelhos entregues pela Apple no segundo trimestre de 2019 foi 2,3 por cento menor que o total do mesmo período do ano passado. Enquanto isso, a Xiaomi apresentou uma queda de 0,2 por cento. Embora o cenário possa parecer negativo para a empresa chinesa, na verdade, estes números a colocam apenas 1,5 milhão de aparelhos atrás da Apple. O que significa que em breve podemos ter a Apple caindo para a quarta posição no ranking das maiores fabricantes de smartphone do mundo. No Brasil a Xiaomi vem investindo pesado na expansão da marca, e após dois meses da inauguração da primeira loja no país, a chinesa estuda abrir o segundo ponto de venda até o final do ano e ainda cogita abrir uma fábrica de smartphones nacional.

Smartphones Brasil xiaomi
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você