A Apple recebeu do escritório dos EUA de patentes e marcas registradas (USPTO) uma patente que permitiria que futuras versões de seu Apple Pencil funcionassem diretamente com os trackpads dos seus computadores. Isso permitiria que designers usassem a caneta digital com os computadores sem a necessidade de um acessório adicional. 

De acordo com o 9to5Mac, a patente foi solicitada em 2014, mas só foi concedida à empresa recentemente. A tecnologia descrita no documento prevê uma versão consideravalmente mais potente do Apple Pencil do que as versões atualmente comercializadas pela Apple, no entanto.

publicidade

Isso porque o dispositivo seria capaz de executar uma série de outras tarefas além de servir como ferramenta de desenho. Por meio de reconhecimento de gestos, ele poderia ser usado para virar páginas e alternar entre slides em aplicativos como o Keynote e o Pages, segundo o The Verge.

Graças a essas capacidades, o acessório poderia funcionar como uma espécie de “mouse aéreo” ou joystick. Seria possível ainda que a empresa implementasse outras funções específicas para o Apple Pencil em outros aplicativos seus. Com isso, ela daria um bom motivo para que os usuários adquirissem o acessório, mesmo que eles não o utilizassem tanto para fins de design.

Vale lembrar, contudo, que assim como as demais patentes que as empresas recebem, não há nenhuma garantia de que ela venha a ser desenvolvida até se tornar um produto final. Recentemente, a Apple também patenteou uma tecnologia inspirada em gatos para proteger a tela dos iPhones, e um smartphone com a tela curva e sem bordas.