A indústria automobilística e de tecnologia já está dando um grande passo na evolução dos carros autônomos. Mas a startup Drive.ai quer ensinar os carros sem motorista a falar para poderem interagir com os pedestres.

O objetivo é que pedestres e outros motoristas possam saber o que o veículo está prestes a fazer. Por exemplo, caso o carro pare para uma pessoa atravessar a rua, ele irá falar ou exibir uma mensagem informando que o pedestre pode atravessar.

publicidade

Segundo a co-fundadora e presidente da empresa, Carol Reiley, há uma enorme quantidade de interações não ditas entre motoristas e o mundo em torno deles. “É importante para os carros que dirigem sozinhos se envolverem nessas interações”, explica.

A Drive.ai está trabalhando em telas de LED no veículo que usam texto e emojis para se comunicar. Além disso, o carro poderá alterar o volume da buzina de acordo “com o contexto da situação para emitir um alerta socialmente mais adequado”.

Via The Verge