EnglishPortugueseSpanish

A seguradora estadunidense State Farm entrou ontem com um processo contra a Apple porque um iPhone defeituoso teria causado um incêndio que destruiu a fazenda de um de seus clientes. A seguradora pede que a fabricante dos iPhones lhe pague uma compensação de valor não determinado.

O caso ocorreu na propriedade de Xai Thao na cidade de New Richmond. De acordo com o processo, Thao comprou um iPhone 4S em 2014 e utilizava-o até o dia 1 de abril de 2016, quando o dispositivo teria explodido e provocado o incêndio. “Investigações preliminares mostram indícios de um aquecimento localizado e significativo na região da bateria do iPhone (…), indicando que uma falha interna da bateria do iPhone causou o incêndio”, diz o documento.

publicidade

Felizmente, a propriedade de Thao era segurada pela State Farm, que lhe pagou pelo estrago causado. Ainda assim, o prêmio do seguro não foi suficiente, e Thao ainda precisou pagar de seu próprio bolso para compensar parte do dano. Esses estragos todos, segundo o processo, superaram o valor de US$ 75 mil (mais de R$ 230 mil), o que sugere que a compensação exigida pela State Farm também ultrapasse esse valor.

Duas acusações

No processo, a State Farm faz duas acusações diferentes contra a Apple. Primeiro, acusa a empresa de ter comercializado um produto perigoso: “No momento em que o iPhone foi desenhado, produzido e colocado na cadeia de comércio pela Apple, ele estava numa condição defeituosa e ilogicamente perigosa”, diz o processo.

E a seguradora também acusa a fabricante dos iPhones de “negligência” por ter “desenhado, fabricado e colocado na cadeia de comércio o iPhone comprado por Thao”. Disso tudo, a empresa concluiu que “a negligência da Apple foi a causa dos danos à propriedade de Thao”. 

Todas as acusações da empresa ainda precisarão ser comprovadas antes que o processo ande. No entanto, caso revele-se que o iPhone foi, de fato, a causa do incêndio, não seria a primeira vez. Já houve uma série de outros casos de iPhones explodindo: um iPhone 6 já explodiu durante uma ligação na Índia, um iPhone 6 Plus já pegou fogo enquanto carregava e um iPhone 7 já explodiu à caminho da entrega para seu comprador.