EnglishPortugueseSpanish

Consumidores estão cada vez menos dispostos a comprar novos smartphones e querem atualizações de software que tragam novos recursos aos aparelhos que já usam. É isso o que sugerem analistas consultados pelo New York Post que percebem uma mudança no comportamento dos usuários de smartphone em relação às constantes trocas de aparelho.

Os analistas dizem que o ciclo de troca de smartphone a cada dois anos está ficando para trás, e, em média, uma pessoa já fica mais de dois anos com o mesmo dispositivo. Alguns casos extremos envolvem usuários que mantiveram o mesmo aparelho por quatro ou cinco anos, apostando apenas em atualizações de software para eles nesse período.

publicidade

“Consumidores pagam preço cheio por novos smartphones, então eles tratam celulares como computadores e mantém eles por mais tempo,” disse Chetan Sharma, CEO da Chetan Sharma Consulting. Assim, mesmo usuários que tinham costume de trocar de aparelho com frequência agora preferem ficar com o mesmo modelo por mais tempo.

Fabricantes que não querem ter vendas prejudicadas pela mudança de comportamento dos usuários buscam novas formas de incentivar as pessoas a trocarem de smartphone. Essas iniciativas incluem, por exemplo, programas de recompensa que dão desconto em aparelhos novos para quem oferece o antigo como forma de pagamento.