EnglishPortugueseSpanish

A Samsung pode ter acertado com o Galaxy Note 10 e o Galaxy Note 10 Plus, no entanto, segundo a Forbes, algumas decisões da empresa foram contra as expectativas dos usuários. Uma delas, que poderá se repetir no Galaxy S11, é em relação a taxa de atualização da tela.

Um usuário do Twitter chamado Ice Universe, que já divulgou informações confiáveis sobre a Samsung, pediu aos seus seguidores para que pressionassem a sul-coreana a incluir em seu próximo aparelho uma tela com alta taxa de atualização. Telas com taxas de atualização que chegam a 90 ou 120 Hz tornaram-se rapidamente importantes para os usuários, porque proporcionam uma melhor experiência no uso diário. No entando, a empresa ainda resiste em utilizar esse recurso.

publicidade

“Quase todas as marcas de celulares estão usando telas com taxas de atualização de 90Hz e 120Hz. O que você quer dizer à Samsung?” pergunta o Ice Universe em um tuíte. “Digam o que pensam e transmitirei suas sugestões para a Samsung. Eu não estou brincando. Estou falando sério”, completa.

A sul-coreana já fabrica telas de 90 Hz, mas apenas as vende para concorrentes. O mais notável é a tela de 90Hz presente no OnePlus 7 Pro, produzida pela Samsung. 

Via: Forbes