EnglishPortugueseSpanish

A União Europeia (UE) planeja adotar um imposto sobre serviços digitais mesmo na ausência de um acordo global sobre o chamado ‘imposto da web’. Quem afirma é Paolo Gentiloni, Comissário da UE para Assuntos Econômicos.

Ele explica que sua primeira tarefa será verificar se é possível incluir um imposto da web em nível global, já que essa seria a solução mais eficaz. “A Comissão tentará chegar a um acordo até 2020, mas, se isso não for possível, minha missão será propor um imposto europeu sobre a web. Não estamos preparados para esperar”, diz, em entrevista ao jornal La Stampa.

publicidade

A criação de um tributo digital na Europa é objeto de debate há tempos, mas alguns países resistem. A proposta institui uma taxa sobre o faturamento de grandes empresas de tecnologia na UE, tendo em vista o poderio de mercado dessas companhias e a necessidade de trazê-las à economia real. Diante da falta de acordo, países como França, Itália e Espanha já se preocupam em criar impostos nacionais. 

Fonte: Reuters