Depois de um longo conflito por conta de uma política de compartilhamento de dados, a cidade de Los Angeles suspendeu temporariamente a permissão da Uber para alugar scooters e bicicletas elétricas. A subsidiária da empresa, Jump, tem até a próxima sexta-feira (8), para recorrer ou deixar a cidade.

Em resposta, a Uber ameaçou processar a cidade pelo que considerou uma suspensão injusta e imprópria. Além disso, questionou a validade do processo de análise administrativa pelo qual passou. O porta-voz do Departamento de Transportes da cidade, Connie Llanos, afirmou que todas as outras empresas seguem as regras impostas, e que está “ansioso para poder trabalhar com a Uber para colocá-los em conformidade”.

publicidade

As empresas que desejam fornecer o serviço devem transmitir dados em tempo real de todas as viagens realizadas na cidade. A Uber se mostrou contra essa obrigatoriedade por meses, alegando que constitui vigilância governamental, já que é possível obter informações pessoais do usuário. Marcel Porras, diretor de sustentabilidade do Departamento de Transportes, afirmou que a cidade não coleta informações específicas dos passageiros, apenas das viagens”.

As políticas de compartilhamento de dados da cidade de Los Angeles são supervisionadas por uma organização sem fins lucrativos, a Open Mobility Fundation.

Via: Los Angeles Times