EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Pesquisadores de segurança das Universidades de Purdue e Iowa confirmam o que muitos especialistas temiam: existem sérias deficiências de segurança no 5G, que podem derrubar a ideia de que a rede não vai apresentar problemas de privacidade aos usuários.

A equipe de pesquisadores detectou cerca de doze vulnerabilidades, que relatam que os bugs podem permitir que um hacker rastreie a localização do usuário em tempo real, envie alertas falsos para um grande número de pessoas, e até desabilite um telefone conectado na rede 5G.

publicidade

A promessa de que a rede 5G seria bem mais segura que a 4G parece não ser uma realidade inquestionável. Zack Whittaker, do TechCrunch, afirma que “todos esses ataques podem ser explorados por qualquer pessoa com conhecimento prático em redes 4G e 5G, e tudo por um software de baixo custo”.

Em um dos ataques, os pesquisadores disseram que foram capazes de obter identificadores de rede temporários antigos e novos do telefone da vítima, o que os permitiu rastrear a localização do telefone, e até mesmo, invadir o canal de paginação para transmitir alertas de emergência falsos.

Adam Levin, co-fundador da Credit.com e CEO da CyberScout, demostrou sua preocupação no Twitter:

 

publicidade