Ministros das Finanças da União Europeia concordaram hoje (5) que moedas digitais privadas, como a Libra do Facebook, não devem ser permitidas no continente até que os riscos que elas representam sejam claramente resolvidos.

A decisão reforça a linha dura do bloco sobre a Libra, moeda que atraiu críticas dos reguladores globais sobre seu possível impacto no sistema financeiro desde que foi anunciada em junho. “Nenhum acordo global de uma ‘stablecoin’ deve começar a operar na União Europeia até que os desafios, riscos legais, regulatórios e de supervisão sejam adequadamente identificados e resolvidos”, afirmaram os ministros em comunicado conjunto.

publicidade

Reprodução

Vale lembrar que “stablecoins” são moedas digitais, como a Libra, que geralmente são atreladas a dinheiro tradicional e outros títulos, enquanto moedas criptográficas como “bitcoin” não o são. Ambas são criptomoedas.

Os ministros também disseram que poderiam considerar as regras da União Europeia para regular criptoativos e stablecoins como parte de um plano global. A comissão do bloco já está trabalhando nesse novo regulamento.

-> Criptomoedas: o que são e aonde vão?

Via: Reuters