O ano de 2019 será marcado por uma série de conquistas no espaço; há muito o que se comemorar. A China pousou, pela primeira vez na história da humanidade, uma espaçonave no lado oposto da Lua. Uma sonda japonesa recuperou amostras da superfície de um asteroide – duas vezes. A SpaceX lançou seu novo veículo de tripulação… mas ainda sem tripulação; e a empresa de Elon Musk também estreou o primeiro protótipo de sua nave estelar.

Mas, para cada conquista, parece que houve um grande fracasso no ano. Confira uma lista com cinco grandes falhas espaciais de 2019.  

publicidade

1. A falência da Mars One

Um grupo holandês conseguiu convencer um grupo de investidores a despejar dezenas de milhões de dólares em um plano para enviar os primeiros humanos a Marte. A ideia era estabelecer uma colônia no Planeta Vermelho. Sim, uma viagem só de ida. Seria uma viagem de ida. Na verdade, os planos pareciam estranhos e insuficientemente financiados. O esforço de relações públicas foi impressionante, mas a organização não estava desenvolvendo sua própria arquitetura de voo espacial e simplesmente presumiu que seria capaz de obter tudo o que precisava no mercado comercial. A Mars One declarou falência em 15 de janeiro.

Reprodução

2. Sonda israelense cai na Lua

A startup israelense SpaceIL foi fundada em 2011 em uma competição para lançar uma missão robótica na superfície da lua. Embora o concurso tenha terminado sem um vencedor, a SpaceIL seguiu em frente com a proposta em uma parceria com a própria Agência Espacial Israelense. A sonda Beresheet chegou perto do sucesso, mas, infelizmente, caiu antes de aterrissar na superfície lunar em 11 de abril.

Reprodução

3. Espaçonave da SpaceX explode durante o lançamento

Em 20 de abril, a SpaceX se preparava para um teste padrão dos motores da espaçonave Crew Dragon. Foi quando algo deu muito errado e a cápsula pegou fogo e foi completamente destruída. Mais tarde, a empresa de Elon Musk descobriu que o problema foi originado em uma válvula propulsora com vazamento.

Reprodução

4. As tentativas frustradas do Irã

Foram três falhas de lançamento do programa espacial do Irã em um único ano. A última tentativa, em agosto, foi a mais devastadora. Em missões malsucedidas realizadas em janeiro e fevereiro, os foguetes não conseguiram atingir a órbita terrestre. Mas no dia 29 de agosto o foguete sequer decolou. Uma explosão na barra de lançamento destruiu o pequeno foguete Safir e toda sua carga útil.

Reprodução

5. Módulo lunar indiano bate na Lua

A Índia seria a quarta nação na história a pousar uma espaçonave na superfície lunar. Sua missão Chandrayaan-2 alcançou a órbita lunar um mês antes do previsto, e a agência espacial da Índia estava pronta para enviar seu módulo Vikram para investigar as lendárias reservas de gelo na água da Lua. Não deu certo. Em 6 de setembro, o veículo caiu e se perdeu para sempre.

Reprodução

Fonte: MIT Technology Review