As vendas globais de drones, para uso corporativo, integrados às redes de Internet das Coisas chegarão a 526 mil unidades em 2020, o que representa um aumento de 50% em relação a 2019, segundo estimativa da Gartner, companhia mundial de pesquisa e aconselhamento para empresas.

A maior parte das aplicações são para vigilância e monitoramento, devido à complexidade técnica de outros aplicativos. Neste ano, o segundo e o terceiro principal exemplo de uso de drones no mercado corporativo é o monitoramento de serviços de incêndio e a investigação de seguros. A previsão é de que as vendas globais anuais atinjam 1,3 milhão de unidades até 2023.

publicidade