EnglishPortugueseSpanish

Pesquisadores desenvolveram pela primeira vez uma molécula única que pode absorver energia de todo o espectro visível da luz do sol e agir como catalisador para produção de hidrogênio, combustível limpo que pode ser usado como alternativa ao petróleo e derivados.

A molécula, uma forma do elemento químico ródio, é capaz de absorver energia do infravermelho ao ultravioleta, coletando até 50% mais do que as células solares atuais. Durante a pesquisa, os cientistas usaram LEDs simulando a luz solar para iluminar uma solução ácida contendo o catalisador. Como resultado, hidrogênio foi produzido.

publicidade

Tentativas anteriores de usar energia solar para a produção de hidrogênio utilizavam moléculas catalisadoras que reagiam a apenas parte do espectro da luz solar, o que reduzia sua eficiência. Sistemas com duas moléculas, que trocam elétrons entre si, também apresentam perda de energia durante a troca.

A pesquisa está em seus estágios iniciais, e muito trabalho ainda precisa ser feito para que seus resultados sejam colocados em uso prático. Ródio é um metal raro, e a produção de catalisadores a partir dele é cara. A equipe estuda formas de aprimorar a molécula, para que produza hidrogênio por mais tempo, ou a criação de catalisadores a partir de materiais mais baratos.

Fonte: Phys.org

publicidade