EnglishPortugueseSpanish
publicidade

No fim deste ano chegarão ao mercado o Xbox Series X e o PlayStation 5. Isso significa que, para atender à demanda do público, os consoles já precisam estar prontos e devem começar a ser montados o quanto antes. No entanto, como os produtos são fabricados na China, eles podem ter sua produção afetada por causa do surto do coronavírus que atinge o país.

Em uma nota publicada pelo banco de investimentos Jefferies Group, a paralisação de fábricas na China, como visto recentemente com a Foxconn, pode começar a impactar o calendário da indústria de jogos se essa situação se prolongar por mais um mês.

publicidade

“O setor de videogames está neste momento produzindo ou começando uma mudança de geração de consoles para a temporada de festas de fim de ano de 2020. Se os fechamentos de fábricas excederem um mês, o planejamento dos jogos vai atrasar. Novos consoles podem, da mesma forma, sofrem com problemas com fornecimento devido à longa interrupção”, diz o texto.

Na prática, o comentário prevê que não apenas os consoles podem sofrer atrasos, mas a produção de jogos também pode ser afetada. Isso porque boa parte da produção artística dos games é terceirizada para a China, e não apenas a produção do hardware, como nota o Jefferies Group.

Sony e Microsoft certamente não seriam as únicas impactadas com um fechamento prolongado das fábricas na China. A Nintendo, por exemplo, já admitiu que vai atrasar o envio de unidades do Switch para o Japão. A Apple já falou abertamente que o coronavírus também deve impactar a cadeia de fornecimento e que serão necessárias medidas para mitigar o problema, especialmente com a perspectiva do lançamento de um novo iPhone mais acessível ainda no primeiro semestre deste ano.

publicidade