EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Um dos maiores asteroides já observados, o 2002 PZ39 vai passar bem perto da Terra no próximo dia 15. “Perto”, em termos de distâncias espaciais, já que sua trajetória estimada, de acordo com o Centro de Estudos de Objetos Próximos à Terra (CNEOS), da Nasa, deve chegar a 5,7 milhões de quilômetros do nosso planeta, em seu ponto mais próximo, viajando a uma velocidade de 15 quilômetros por segundo.

Diagrama da passagem do asteroide PZ39 pela Terra no dia 15/02/2020 (CNEOS/NASA)

publicidade

Outros asteroides irão passar bem mais perto daqui nos próximos dias. Por exemplo, o 2018 CW2 deve “raspar” no dia 17 a apenas 630 mil quilômetros de distância (1,6 vezes a distância entre a Terra e a Lua), mas ele só tem 47 metros de diâmetro. O 2002 PZ39 se diferencia nisso, com quase um quilômetro de diâmetro.

Apesar de ser gigante, a pedra oferece pouco risco ao nosso planeta. O alerta só foi dado pela CNEOS, e a Agência Espacial Europeia, que também faz esse tipo de monitoramento, nem se deu ao trabalho.

Via: CNEOS

publicidade