EnglishPortugueseSpanish

Uma parceria entre a Telstra, gigante do setor de telecomunicações da Austrália, e a sueca Ericsson resultou na primeira torre de emissão de sinal 4G com limite de alcance de 200 quilômetros, duas vezes mais que a capacidade máxima anterior da tecnologia LTE.

Para realizar o experimento, as empresas conectaram uma chamada a uma torre na cidade Mount Dowe que foi receptada na região de North West Slipes – ps dois locais ficam a mais de 200km de distância. O sucesso da ligação só foi possível devido a uma atualização no software da Ericsson, que fornece os equipamentos para a infraestrutura 4G do país.

publicidade

Em nota, a Ericsson diz que “esse é um recurso que ativa benefícios da cobertura de 4G que podem ser compartilhados em toda a extensão dos sistemas de cobertura mobile da Telstra”. Além disso, segundo a empresa, a tecnologia deve estar disponível comercialmente em determinadas localizações já em 2020.

Gestores da Telstra, no entanto, contiveram a euforia em entrevista à jornalistas, de acordo com o site ZDnet. Eles declararam que a novidade não deve ser aplicada imediatamente a infraestrutura da empresa.

“Essa não é uma fórmula mágica para dobrar o alcance da cobertura. Trata-se, na verdade, de uma opção muito importante para quando olharmos para esse cenário específico e decidirmos implantarmos essa tecnologia”, disse o diretor de conexões 5G da Telstra, Paul Milford.

Esta não é a primeira vez que a empresa de telecomunicações e a Ericsson trabalham juntas para ampliar a cobertura de redes de internet móvel. Em 2007, outra parceria entre as companhias desenvolveu a primeira rede de emissão de 3G com alcance limite de 200 quilômetros.

publicidade

Fonte: Ericsson / Zdnet