EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Comissão Federal de Comunicações (FCC) dos Estados Unidos aprovou um financiamento avaliado em US$ 200 milhões destinado a prestadores de serviços de telessaúde que atuam no combate à pandemia do novo coronavírus

Denominado ‘COVID-19 Telehealth Program’, o fundo ajudará os profissionais da saúde a pagarem por conectividade de banda larga e dispositivos necessários para fornecer assistência médica remota. 

publicidade

Será dada prioridade a áreas com altas taxas da doença, bem como prestadores de serviços de saúde subfinanciados, como clínicas em bairros pobres. Ademais, hospitais e centros de saúde poderão solicitar um financiamento de até US$ 1 milhão e as inscrições serão aceitas continuamente. 

O financiamento foi disponibilizado por meio da Lei CARES [sigla em inglês para lei de Auxílio a Coronavírus, Alívio e Segurança Econômica], assinada no dia 27 de março pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O pacote de ajuda financeira visa mitigar os efeitos da pandemia de coronavírus no país.

“Com a adoção do programa, a FCC agora pode tomar medidas imediatas para fornecer financiamento para que mais pacientes possam ser tratados em casa, liberando leitos hospitalares para aqueles que mais precisam e reduzindo o risco de exposição ao vírus “, disse o presidente da FCC, Ajit Pai, em comunicado.

Via: Engadget 

publicidade