EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Desde que astrônomos encontraram o cometa Atlas, eles esperavam conseguir estudá-lo enquanto passasse pelo sistema solar. Porém, o objeto espacial começou a se desintegrar, o que impediria sua análise.

Apesar do incidente, uma nova oportunidade parece ter surgido. Isso porque a Solar Orbiter, uma espaçonave operada pela Nasa e pela Agência Espacial Europeia (ESA) para estudar o Sol, está caminhando para cruzar a cauda do cometa nas próximas semanas.

publicidade

Reprodução

Solar Orbiter pronta para embarque/Foto: reprodução

As informações dizem que a Solar Orbiter deve atravessar as camadas externas dos escombros do Atlas entre os dias 31 de maio e 1º de junho e ficar no seu rastro até 6 de junho. Ao entrar em contato com o cometa, os instrumentos da espaçonave, que possui a função de estudar as partículas ionizadas na atmosfera do Sol, poderão fazer o mesmo com o cometa.

“Se os instrumentos da Solar Orbiter detectarem material do cometa Atlas, será o primeiro cruzamento acidental previsto da cauda de um cometa por uma espaçonave ativa, carregando instrumentos apropriados para a detecção de material cometário”, afirmaram os pesquisadores.

publicidade

Via: Futurism