EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Visual Science, uma empresa russa especializada em visualização biomédica, divulgou um novo modelo 3D cientificamente preciso do Sars-Cov-2, vírus causador da Covid-19. O modelo é baseado nas mais recentes pesquisas sobre a estutura dos coronavírus, bem como informações de especialistas em virologia envolvidos nas pesquisas.

O modelo é parte de um projeto da empresa chamado Viral Park (Parque Viral), que já criou visualizações do HIV, H1N1, Ebola, Papilomavírus e Zika. A empresa usou o mesmo esquema de cores de outras visualizações do projeto: cores brilhantes mostram as proteínas criadas pelo genoma viral, e tons de cinza mostram estruturas que o vírus “rouba” da célula hospedeira, para enfatizar a natureza parasítica e não-autônoma dos vírus.

publicidade

Segundo a empresa, o vírus tem um milésimo da espessura de um fio de cabelo humano, e se comporta mais como uma “máquina molecular” do que como um organismo vivo. De fato, a discussão sobre a natureza dos vírus, e se são organismos vivos ou não, é um tópico bastante debatido na ciência há muito tempo.

“Como ponto de partida, usamos informação científica sobre o vírus e suas estruturas disponíveis no Protein Data Bank. Depois de uma completa e cuidadosa análise dos dados, reconstruímos modelos completos das proteínas virais e de suas interações usando software de biologia computacional, e então montamos o modelo completo do vírus baseado nestas estruturas e nas informações sobre a composição do vírus e como ele é montado”, diz Yuri Stefanov, PhD, diretor científico da Visual Science.

Fonte: Visual Science

publicidade