EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O Signal, mensageiro com foco total em privacidade, incluiu em sua mais recente atualização um novo recurso chamado ‘Signal PIN’. O objetivo é garantir segurança na movimentação de dados entre dispositivos.

O usuário poderá definir seu PIN (senha de identificação pessoal) com mais de quatro números ou caracteres alfanuméricos. Ao trocar de dispositivo, é possível usar o PIN para recuperar dados de suporte, como perfil, configurações e pessoas bloqueadas. 

publicidade

Todos esses dados são armazenados em backup nos servidores do aplicativo em um formato criptografado para que ninguém possa acessá-los.

Depois de ativar o PIN, o mesmo será novamente solicitado pelo aplicativo após 12 horas, 1 dia, 3 dias, 7 dias e 14 dias. 

Reprodução

Recurso de bloqueio de registro do Signal. Foto: Reprodução

publicidade

Você também pode criar uma camada adicional de segurança ativando o bloqueio de registro com o PIN. Ao ativar a opção, o Signal solicitará um PIN quando você se registrar em um próximo dispositivo. Isso impede que alguém copie o seu perfil.

Por fim, o novo recurso dá pistas de que o Signal pode em breve oferecer novas alternativas para se inscrever, como o uso de um ID. Atualmente, ele exige um número de telefone para isso.

Via: The Next Web