EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Os dois aeroportos de Pequim anunciaram nesta quarta-feira (17) o cancelamento de 1.255 voos. O número representa 70% das viagens originalmente planejadas para a cidade. A medida foi tomada por causa do ressurgimento de casos da Covid-19 na capital da China, que enfrenta uma segunda onda da doença.

Além disso, as autoridades da cidade pediram aos moradores que evitem viagens não essenciais para fora de Pequim e ordenaram o fechamento das escolas. Diversas outras cidades impuseram uma quarentena obrigatória a todos os viajantes com origem na capital. Aqueles com passagens de trem com saída ou destino a Pequim podem pedir um reembolso, segundo o People’s Daily.

publicidade

ReproduçãoMercado de carnes pode ter sido origem de nova onda de coronavírus em Pequim. Foto: Reprodução

De acordo com o gabinete do prefeito da cidade chinesa, ocorreram 31 novas infecções pelo coronavírus nas últimas 24h na capital. Este é o quarto dia com números parecidos. Antes disso, porém, Pequim ficou dois meses sem registrar nenhum caso, e a vida na cidade estava voltando à rotina normal.

publicidade

Via: G1