Não é novidade que a Xiaomi tem um portfólio bastante diverso de produtos, que vão de celulares a eletrodomésticos. Assim, não surpreende que a fabricante chinesa também atue na área de notebooks. E ela acabou de lançar uma atualização para a linha RedmiBook 16, que agora conta com processadores da Intel.

O RedmiBook 16 é, como o nome sugere, um notebook com tela de 16,1 polegadas. Há alguns meses, a Xiaomi começou a vender modelos equipados com chipsets AMD Ryzen 4000. Para quem prefere processadores da concorrência, o laptop passou a ser vendido também com chips Intel Core i5 e i7 da décima geração.

publicidade

As especificações técnicas dos RedmiBook 16 com processadores Intel são de respeito. Além da opção dos chips Core i5-1035G1 e Core i7-1065G7, o laptop conta com as placas gráficas Iris Plus e Nvidia GeForce MX350 com 2 GB de RAM. A Xiaomi oferece até 16 GB de RAM DDR4 3200MHz e SSD com 512 GB.

Reprodução

Outras funcionalidades do aparelho incluem conectividade Wi-Fi 802.11ax, Bluetooth 5.1, uma porta USB 3.1, uma USB 2.0 e duas USB-C, além da entrada HDMI 1.4.

A Xiaomi afirma que a bateria do notebook aguenta até 12 horas de reprodução de vídeo local, 9 horas de vídeo online, e 8,5 horas de navegação na web. A recarga é feita por uma das portas USB-C, e a promessa é chegar a 50% de bateria em apenas meia hora ligado à tomada.

Os novos RedmiBook 16 com processadores Intel começarão a ser vendidos na China a partir do dia 15 de julho na cor cinza. O modelo com Core i5 sairá por 4.999 yuan (cerca de R$ 3,8 mil em conversão direta), enquanto o i7 sairá por 5,699 yuan (cerca de R$ 4,3 mil, em conversão direta).

Via: GizmoChina