EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O bilionário Elon Musk prometeu que a Neuralink, startup de neurotecnologia que cofundou, revelará, no dia 28 de agosto, atualizações sobre seus projetos. A empresa tem como principal meta desenvolver uma interface cérebro-máquina para viabilizar a interação do ser humano com inteligências artificiais (IA), criando uma verdadeira simbiose entre homem e máquina.

“Se você não pode vencê-los, junte-se a eles”, escreveu Musk em seu Twitter, como uma declaração da Neuralink, referindo-se a sua ambição de colocar os seres humanos no mesmo nível das IAs.

publicidade

Em julho de 2019, em uma transmissão ao vivo, Musk detalhou seus esforços para conectar o cérebro humano a computadores, e explicou que a ideia é implantar fios de eletrodo flexíveis no cérebrocom capacidade de captar os sinais dos neurônios.

Como o projeto interage diretamente com o corpo humano, o plano da Neuralink é fazer pequenos buracos com laser no crânio para implantar os eletrodos. Em maio deste ano, Musk afirmou, inclusive, que acha que “poderemos implantar um elo neural em menos de um ano em uma pessoa”.

Reprodução

Elon Musk cofundou a Neuralink em 2016. Imagem: Reuters

Anteriormente, Musk também disse que, a princípio, a finalidade principal seria restaurar a funcionalidade do cérebro para pessoas com distúrbios neurológicos graves.

Via: Futurism