A Samsung está se preparando para lançar o Galaxy M51, sucessor do Galaxy M40. Apesar de nada ter sido revelado oficialmente, especificações e renderizações do smartphone já foram vazadas na internet há algum tempo. Agora, o portal Pricebaba teve acesso a novas informações, como as variações de RAM e armazenamento, além de detalhes da câmera do aparelho.

Segundo o vazamento, o modelo terá duas variações de RAM: 6GB e 8GB. Além disso, o armazenamento interno será de 128 GB. Quanto ao processador, é esperado que seja um Qualcomm Snapdragon 730 SoC. Já em relação ao conjunto de câmeras, ele deve ser quádruplo, com o sensor principal de 64 MP, um ultra-wide de 12 MP, uma câmera retrato de 5 MP e um sensor macro de 5 MP. A câmera de selfie será de incríveis 32 MP.

publicidade

Ao contrário dos vazamentos anteriores, que apontavam uma tela de 6,5 ou 6,6 polegadas, o novo rumor é de que o smartphone possui uma tela Super AMOLED de 6,7 polegadas. Além disso, as renderizações já revelavam um display Infinity-O com um furo no canto esquerdo superior para a câmera. Na parte traseira, há ainda um scanner de impressão digital.

Galaxy-M51.jpgRenderização mostra visual do Galaxy M51. Foto: OnLeaks/Pigtou

Por fim, foi revelado também que o Galaxy M51 terá como sistema operacional o One UI 2.1, que é baseado no Android 10. Já o principal destaque fica para a bateria de 7.000 mAh, jamais usada em outro smartphone, com suporte para carregamento rápido de 25W.

Ainda não há uma data para o anúncio oficial do modelo. Porém, no site oficial da Samsung na Rússia, a página de suporte do aparelho sugere um lançamento iminente.

Smartphone com taxa de atualização variável

O novo modelo da linha Note da Samsung, o Galaxy Note 20 Ultra, é o primeiro celular do mercado cuja tela possui taxa de atualização variável. Com 120 Hz (OLED), o aparelho consegue atualizar sua imagem até 120 vezes por segundo. A novidade foi anunciada pela fabricante na terça-feira (11).

O grande destaque desta especificidade está na capacidade de adaptar os Hzs de acordo com a atividade que está sendo desempenhada. Por exemplo, para jogos, os 120 Hz são mais necessários, mas se o usuário estiver assistindo a um vídeo, esta taxa cai para 60 Hz. Já para o envio de mensagens, 30 Hz bastam, assim como 10 Hz são suficientes quando o aparelho apenas estiver exibindo uma imagem estática.

Via: Pricebaba