Na última segunda-feira (24), vazaram fotos e especificações do Pixel 5, projeto em andamento da linha de smartphones do Google. O novo aparelho se assemelha ao One Plus Nord, o que gerou comparações com o atual modelo Pixel 4. Agora, uma análise de desempenho feita pelo Ars Technica, indica que o próximo lançamento será mais lento que o dispositivo vendido atualmente.

Segundo a publicação, o aparelho terá o processador Snapdragon 765G, tela OLED de 6 polegadas e uma taxa de atualização de 90 Hz. As confirmações dessas informações foram vazadas por um usuário anônimo do Reddit. Além dessas caracteríscticas, o celular possui bateria de 4.000 mAh, o que pode ser considerado promissor em relação à de seu antecessor – o Pixel 4 possui 2.800 mAh. 

publicidade

 

Ars-single.jpgEste comparativo foi feito à partir de dispositivos Pixel 4 e One Plus Nord single core, com especificações similares ao Pixel 5. Créditos: Ars Technica


A grande questão é que o Google está deixando de fabricar o Pixel como um celular de primeira linha, focando em produzir dispositivos intermediários e mais acessíveis, o que deixa essas comparações ainda mais esquisitas. Tais dados foram mostrados por meio de gráficos exibindo as notas paralelamente.

A câmera foi o principal alvo de críticas feitas pelos usuários do Reddit, já que o dispositivo será duplo de 12 MP. O hardware Sony IMX363, que estará presente no Pixel 5, faz parte da linha de smartphones Google desde 2017, sendo lançado oficialmente em 2016.

Arstechnica.jpgComparação de desempenho dos mesmos aparelhos, mas nas versões com vários núcleos de processamento. Créditos: Ars Technica

Pixel 4a

Recentemente, o Google entrou no mercado intermediário de smartphones ao lançar o Pixel 4a. A versão do aparelho visa o custo benefício, chegando às lojas pelo preço de US$ 350 (R$ 1.860). O dispositivo chega com uma tela AMOLED de 5,8 polegadas.

Além disso, o display conta com uma perfuração no canto superior esquerdo que abriga uma câmera de selfie com 8 MP. Na parte interna, o celular sai de fábrica equipado com um processador Snapdragon 730, 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento.

O Google também confirmou o lançamento de uma versão 5G. O valor sugerido da versão com tecnologia de conexão de quinta geração é de US$ 499 (cerca de R$ 2.650). Apesar disso, a empresa não revelou uma data para o lançamento. 

 Fonte: Ars Technica