Na terça-feira (26), Graham Pollard terminou a primeira viagem transamericana realizada em cima de uma scooter elétrica, após dois meses. O longo passeio de mais de 6,5 km foi patrocinado pela fabricante Segway, que disponibilizou seis scooters elétricas Ninebot KickScooter Max.

Enquanto uma carregava, Pollard usava outra. Na realidade, a Max é nada mais do que uma atualização do antigo modelo Segway M365, com a diferença de que agora o alcance máximo foi aumentado para 40 km por carga.

publicidade

Acompanhado pelo amigos Brandon Bedford e Christian Boyle, que o auxiliaram durante toda a viagem de dentro de uma van, Pollard conseguiu não só comprovar a qualidade da scooter, mas também alcançar outro objetivo. Ele arrecadou fundos para ajudar no combate à Covid-19.

Shutterstock-3.jpg

Pollard realizou a viagem mais longa já conhecida com a utilização de veículos modelo scooter. Créditos: Shutterstock

Sobre a viagem, Graham disse estar feliz com a jornada, onde obteve experiências únicas, assim como conheceu pessoas incríveis. Ainda segundo ele, ficou totalmente provado que a Ninebot KickScooter Max é um sucesso.

Lançamento

Segway.jpg

Novo modelo de bicicleta elétrica foi lançado durante evento de encerramento da viagem de Graham Pollard. Créditos: Segway/Divulgação

O trio protagonista da viagem esteve presente em um evento realizado pela Segway na cidade de Florence, situada no estado americano de Oregon. A reunião foi não só para comemorar a conclusão do passeio, mas também para lançar a Segway eMoped C, uma espécie de bicicleta elétrica que também pode servir como scooter.

O novo modelo de motocicleta da empresa possui pedais totalmente funcionais, o que a diferencia de outros ciclomotores elétricos modernos, onde é comum que o motorista fique com os pés apenas no assoalho do veículo.

A eMoped C alcança uma velocidade máxima de 25 km/h. Este número é importante porque a mantém classificada como e-bike classe 2 nos Estados Unidos. Isso significa que o equipamento pode circular em praticamente qualquer ciclovia ou via pública do país.

Daqui em diante, a Segway deve investir ainda mais em versões diferentes de seus equipamentos, lançando modelos com baterias que oferecem 45, 60 e 75 km. A previsão é que o quarto trimestre do ano seja marcado pelas novidades da empresa.

Via: Electrek