A Microsoft decidiu estender o suporte oficial da empresa a versão 1803 do Windows 10, principal sistema operacional da empresa. As atualizações de segurança para as versões Enterprise, Education e IoT do SO serão enviadas aos usuários até o dia 11 de maio de 2021.

A versão 1803 do Windows foi lançada em abril de 2018, e tinha suporte garantido pela Microsoft até novembro de 2020. A partir desta data, os usuários deveriam atualizar o software, com o intuito de obter novas versões do sistema operacional.

publicidade

Influência da pandemia 

Huawei_Matebook_2-in-1_tablet_with_Windows_10_26666384896a3997a6e3668c207.jpg

De acordo com a gigante da tecnologia, a decisão tem forte influência dos efeitos da pandemia sob diversos mercados mundiais. A empresa recebeu diversos pedidos de clientes destas versões do sistema para que a interrupção de suporte fosse postergada.

Em nota oficial, a Microsoft garantiu o prolongamento do suporte. “Ouvimos seus comentários e entendemos a necessidade de se concentrar na continuidade dos negócios em meio à pandemia global. Como resultado, decidimos adiar a data de término programada para as edições Enterprise, Education e IoT Enterprise do Windows 10, versão 1803.

O perfil corporativo/institucional dos usuários destas versões do sistema também foi um fator definidor desta decisão. Muitos destes clientes possuem um grande número de máquinas em suas dependências, e realizar a atualização de todas, ao mesmo tempo, pode ser uma tarefa complexa.

Assim, estes ganham mais seis meses de suporte oficial na segurança do sistema. As versões 1803 voltadas ao público doméstico (Home e Pro), tiveram seu suporte interrompido em novembro de 2019.

Novas interrupções no suporte em 2021

Para 2021, também estão programadas interrupções no suporte às versões 1809 do sistema, em suas versões Home e Pro. É importante que usuários estejam sempre com versões atualizadas de seus sistemas operacionais, a fim de obterem segurança por parte dos distribuidores do programa.

Um software desatualizado pode significar acesso fácil de usuários mal intencionados a informações bancárias, contas de e-mail, documentos hospedados no sistema local, entre diversos outros problemas.

Fonte: TechRadar