EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Há alguns anos, o Facebook revelou o Oculus for Business, um pacote de software de realidade virtual (VR) para empresas. Com a promessa de mudar o home office, a tecnologia ficou esquecida por algum tempo. No entanto, agora, ao que parece, a empresa pretende retomar o projeto.

Chamado de Infinite Office, o pacote permite que o usuário coloque óculos de VR e seja transportado para um escritório virtual – que pode ser grande ou pequeno, tudo depende do desejo da pessoa. É possível também adicionar telas personalizáveis ao mundo, que imitam a configuração de vários monitores de computador.

publicidade

Para complementar a tecnologia, o Facebook fechou uma parceria com o Spatial, uma plataforma de realidade aumentada colaborativa que permite fazer reuniões virtuais. Com isso, um modo chamado Passthrough será disponibilizado. Nele, os usuários podem alternar entre uma experiência totalmente imersiva ou misturá-la com o mundo real.

publicidade

Atualmente, digitar em um mundo de realidade virtual é um problema bastante comum. No entanto, o Facebook fechou uma segunda parceria, desta vez com a Logitech, para criar um teclado físico que pode ser usado em ambientes virtuais. O dispositivo também possui um trackpad integrado.

O Facebook planeja disponibilizar os recursos do Infinite Office de maneira experimental para os usuários entre o fim deste ano e o primeiro trimestre do próximo. Apesar disso, ainda não há muitas informações sobre como o sistema funcionará – e nem se haverá alguma limitação de país, por exemplo.

Facebook Horizon

Atualmente, o Facebook trabalha em um espaço social de realidade virtual (VR) para vários jogadores, intitulado Horizon. Quando a proposta foi apresentada, muitos compararam a iniciativa da empresa com o “Oasis”, mundo visto no filme ‘Jogador Número 1‘.

Agora, a companhia acaba de anunciar que vai permitir que usuários testem o universo. No entanto, isso está restrito apenas para convidados. Além disso, a empresa revelou que implementou novas ferramentas para combater pessoas mal-intencionadas dentro da plataforma, incluindo a opção de sair do mundo compartilhado para uma “Zona de Segurança Pessoal”, onde é possível silenciar, bloquear e denunciar pessoas e o conteúdo ao redor.

O sistema, nas próprias palavras do Facebook, é um “universo em constante expansão de experiências virtuais projetadas e construídas por toda a comunidade”. Isso significa que os jogadores podem conversar, como se estivessem em um encontro com amigos, ao mesmo tempo em que podem disputar partidas e fazer atividades criadas com as ferramentas internas do sistema.

Pessoas que já testaram o universo descrevem como funciona a experiência. Segundo o site Engadget, o Horizon “lembra do vazio branco de ‘Matrix’ – uma sala cheia de potencial ilimitado e criatividade. Em poucos minutos, meu guia transformou o espaço vazio em uma praia virtual, completa com areia, água e um horizonte dourado”.

Via: Engadget