EnglishPortugueseSpanish

FIFA 21 só chega no dia 9 de outubro (um pouco antes, no dia 1º, para quem tiver EA Play), e até lá a EA Sports vai nos alimentando com novidades do seu simulador de futebol. Nesta semana, a empresa revelou quais clubes e estádios estarão no próximo game da franquia, e as novidades do modo “Volta Football”.

De acordo com a desenvolvedora, FIFA 21 terá mais de 17 mil jogadores e mais de 700 clubes, além de 90 estádios de mais de 30 ligas. A empresa adquiriu as licenças dos principais torneios do mundo, como a UEFA Champions League e a Conmebol Libertadores.

publicidade

Além das seleções masculinas e femininas, o game terá os campeonatos nacionais da Argentina, Austrália, Áustria, Bélgica, China, Dinamarca, quatro divisões da Inglaterra, duas divisões da França, três divisões da Alemanha, Irlanda, Itália, Japão, Coreia do Sul, México, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Romênia, Árabia Saudita, Escócia, duas divisões da Espanha, Suécia, Suíça, Turquia, Estados Unidos e Canada (ufa!). 

Para os fãs do futebol brasileiro, porém, continua a frustração. O Brasileirão não foi licenciado, com exceção de alguns clubes – e ainda assim com os jogadores com nomes genéricos. A exceção mais notável entre os clubes brasileiros é a ausência do gigante e tradicional Clube Náutico Capibaribe, e consequentemente seu estádio, o icônico Aflitos, palco de muitas glórias – e algumas derrotas que ninguém lembra, né? Uma pena (pelo menos para mim).

Falando em estádios, 90 deles foram licenciados, como o Parc des Princes, San Siro, Anfield e Santiago Bernabéu (que por enquanto só estarão lotados mesmo no jogo, já que seus países ainda passam por medidas de distanciamento causadas pela pandemia da Covid-19). Reforço, mais uma vez, a ausência do Eládio de Barros Carvalho, também conhecido como “la Timbunera”.

EA Sports/Divulgação

O Stamford Bridge, de Londres – a casa Chelsea. Imagem: EA Sports/Divulgação

“Volta” de volta

O modo “Volta Football”, que estreou no FIFA 20 e é um sucessor espiritual do “FIFA Street”, recebe novos jogares e itens. A ideia da EA Sports é juntar o mundo do futebol, com o da música e da moda.

Nomes como Mbappé, estrela da capa do FIFA 21, o DJ Diplo e Anthony Joshua, medalhista de ouro olímpico, estarão disponíveis como avatares. Atletas como Kaká, Eric Cantona e Trent Alexander-Arnold, além de outros grandes nomes, também farão um retorno.

A parte da moda fica por conta das marcas como Adidas e Nike, que lançarão coleções exclusivas para o “Volta”. A curadoria será de Héctor Bellerín, que assumiu a função de Diretor de Criação “para fazer a linha inspirada em suas raízes, na cena do skate de Barcelona e seu atual estilo de vida vegano”, segundo a EA Sports.