EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A companhia aérea holandesa KLM anunciou a aquisição de um novo sistema robótico para preparar refeições no serviço de bordo da classe executiva da empresa. A ferramenta promete reduzir os custos e facilitar o processamento de ajustes nas bandejas, disse a organização em comunicado.

A expectativa da KLM é atingir a capacidade de produção de até 30 mil refeições diárias, o dobro do potencial dos métodos empregados anteriormente pela companhia. A tecnologia ainda deve propiciar mais flexibilidade para atender demandas especiais de clientes.

publicidade

De acordo com o diretor executivo da KCS (KLM Catering Services), Maarten Stiene, a empresa é a única do mundo a aplicar essa mecanização no serviço de bordo. “A iniciativa serve para aumentar a qualidade nossos produtos”, pontua.

Já o presidente da companhia, Pieter Elbers, destacou que a novidade pode ser uma aliada diante do enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. “O novo robô foi colocado em operação na KCS e nos ajudará a enfrentar o cenário imposto pela Covid-19. Jamais poderíamos imaginar a situação difícil de hoje, na época em que a decisão foi tomada há alguns anos”, disse.

Voos para ‘lugar nenhum’

Enquanto a pandemia do novo coronavírus ainda força países a adotarem restrições para voos comerciais, algumas companhias aéreas apostam em viagens ‘sem destino’. Nesta modalidade, conhecida como viagem panorâmica, as aeronaves decolam de um aeroporto e, após completarem um percurso planejado, pousam no mesmo local.

publicidade

Comissárias de bordo em voo panorâmico temático da Hello Kitty realizado pela empresa taiwanesa EVA Airways. Imagem: Divulgação/EVA Airways

O intuito é atender clientes que sofrem com a saudade de viajar de avião. Companhias aéreas asiáticas estão à frente da iniciativa e oferecem voos temáticos e turísticos. As viagens panorâmicas também chegaram à Austrália.

A Quantas comercializou todas as passagens para uma viagem, marcada para 10 de outubro, que vai decolar do aeroporto de Sydney e sobrevoar, a altitudes mais baixas que o convencional, alguns locais icônicos, como a Baía de Sydney e a Grande Barreira de Corais.

Via: KLM