EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Nintendo está sendo processada por uma mulher na Califórnia e seu filho de 9 anos, devido a uma conhecida falha nos controles (chamados Joy-Cons) do console chamada “Joy-Con Drift”.

Luz Sanches comprou um Nintendo Switch para seu filho em dezembro de 2018, quando ele tinha 8 anos. Segundo ela, em um mês os controles começaram a apresentar o problema, ou seja, registrar movimentos sem que ninguém tocasse nas alavancas analógicas.

publicidade

O problema foi piorando com o tempo, e em menos de um ano se tornou tão severo que ela precisou comprar novos Joy-Cons. Sete meses depois, eles apresentaram o mesmo defeito. A Nintendo só reconheceu a existência do problema em julho de 2019, e já estava sendo processada por um grupo de jogadores nos EUA quando Sanchez entrou com seu processo.

Nos EUA, e também no Brasil, a Nintendo está trocando Joy-Cons defeituosos sem custo. Mas para Sanchez, não é o bastante. Segundo seus advogados a empresa “continua a anunciar e vender seus produtos com total conhecimento do defeito e sem divulgá-lo aos seus consumidores em suas propagandas, promoções ou embalagens. A acusada tem motivo financeiro para ocultar o defeito, já que não queria parar de vender os produtos, e/ou teria de gastar uma quantia significativa para curá-lo”.

Sanchez e seu filho pedem US$ 5 milhões (quase R$ 27,7 milhões) como compensação.Os advogados da Nintendo não se pronunciaram sobre o caso.

Remédios caseiros

Se seu Nintendo Switch está sofrendo com o Joy-Con Drift, temos algumas dicas que podem ajudá-lo a lidar com o probema. Nem sempre é necessário trocar os controles, e pode ser que uma simples limpeza e recalibração resolvam o problema.

publicidade

Caso contrário, explicamos como solicitar a troca do controle, gratuitamente. É um procedimento fácil, basta entrar em contato com a autorizada da Nintendo e enviar os controles defeituosos pelo Correio. Após o recebimento deles, a empresa irá enviar ao consumidor controles novos em até cinco dias úteis.