EnglishPortugueseSpanish

O PayPal anunciou nesta quarta-feira (21) que vai ingressar no mercado de criptomoedas. Em parceria com a empresa Paxos, o novo serviço permitirá que usuários dos Estados Unidos comprem, vendam e mantenham moedas digitais como Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash e Litecoin em suas carteiras.

Segundo a empresa, o plano é fazer com que no início de 2021 os ativos em criptomoedas possam ser utilizados em compras usando o PayPal. A negociação e gerenciamento ficam por parte da Paxos. Em breve, disse, mais países serão adicionados. A novidade, por enquanto, tem aceitado usuários na lista de espera até que o lançamento seja efetivado.

publicidade

Inclusive, detalhes sobre as taxas de câmbio para criptomoedas já foram divulgados. Em transações abaixo de US$ 100, há uma taxa de 2,3%; entre US$ 100 e US$ 200, a taxa é de 2%; entre US$ 100 e US$ 1.000, ela é de 1,8%; e, por fim, transações acima de US$ 1.000 terão taxa de 1,5%. A empresa também anuncia uma taxa mínima fixa de US$ 0,50 para transações abaixo de US$ 25.

Bitcoin em alta

A novidade deve trazer mais comodidade para que usuários utilizem ativos criptográficos em compras utilizando o PayPal, mas sem antes converter as moedas em uma bolsa. Atualmente, o PayPal informa que mais de 26 milhões de comerciantes utilizam seus serviços. O número de contas ativas em todo o mundo, porém, passa de 346 milhões. No segundo trimestre do ano, a empresa processou US$ 222 bilhões em pagamentos.

Reprodução

PayPal permitirá que moedas digitais sejam usadas em compras dentro da plataforma. Imagem: Shutterstock

publicidade

Para lançar o serviço de criptomoedas, a empresa recebeu a licença condicional ‘BitLicense’ do Departamento de Serviços Financeiros de Nova York (NYDFS, na sigla em inglês). Os pagamentos serão liquidados usando moedas fiduciárias, como o dólar. Logo, os comerciantes não receberão pagamentos em moedas virtuais.

No câmbio desta quarta-feira, para efeito de comparação, um Bitcoin equivalia a aproximadamente R$ 69 mil. A moeda digital, inclusive, teve valorização de 5% após o anúncio do PayPal e ultrapassou o valor de US$ 12 mil nos EUA. A novidade do PayPal é esperada, pelo menos, desde junho deste ano.

Via: Reuters