EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Muitas pessoas se perguntam como os astronautas vão ao banheiro quando estão no espaço. Para esclarecer qualquer dúvida sobre o assunto o comandante da Nasa, Chris Cassidy, que recentemente completou uma passagem como líder da Expedição 63 da Estação Espacial Internacional (ISS), explicou como ocorre o processo e ainda filmou o interior do “banheiro” da espaçonave. Cassidy ainda fez questão de detalhar como os astronautas fazem os números “um” e “dois” em meio ao universo.

De início, o comandante destacou que a vontade de ir ao banheiro é sentida da mesma forma como na Terra, apesar de ser comum achar que a sensação diferiria pelo líquido dentro da bexiga estar flutuando sem a gravidade. Em seguida, ele exibiu o local, dentro da nave, onde o Compartimento de Lixo e Higiene (WHC, na sigla em inglês) está instalado. Em um primeiro momento, vale ressaltar que o banheiro espacial contém paredes e porta, de forma a manter a total privacidade dos astronautas. O pequeno cômodo se parece com um armário e fica espremido entre a esteira e a máquina de musculação, usada para evitar que ocorra a perda de músculos e lesões ósseas na tripulação durante longas viagens.

publicidade

Depois, Cassidy explicou sobre o painel de controles primários do WHC, que deve ser verificado antes do uso. Neste momento do vídeo, o astronauta mostra o painel, fala um pouco sobre suas funções e ainda brinca dizendo que quando as luzes do equipamento estiverem em formato de “V”, esta é a hora de fazer xixi (referindo-se ao som de ‘v’ e ‘xixi’ quando faladas em inglês).

Essas luzes garantem que os resíduos líquidos vão para o Conjunto do Processador de Urina (UPA, na sigla em inglês). Também dentro do banheiro, os tripulantes podem encontrar manuais que orientam como usar os comados do painel caso eles esqueçam. Os documentos foram rotulados como “No Bom Estilo da Nasa”.

O segredo é a sucção

A partir daí, o comandante mostra uma mangueira presa a um funil, ambos ligados por uma válvula que opera todo o sistema. Depois de ligar a mangueira, é iniciado um processo de sucção por meio de um fluxo de ar. Os astronautas fazem o “número um” diretamente na mangueira de forma que o líquido é aspirado para a UPA.

publicidade

No entanto, o processo é um pouco diferente quando eles precisam fazer o “número dois”. Isto porque o sistema utilizado é parecido com o que fazemos aqui na Terra, pois há uma espécie de vaso sanitário onde eles podem sentar. A diferença é que o equipamento conta com cerca de 13 a 15 centímetros de diâmetro, é envolto em um revestimento plástico e também conta com uma estrutura de sucção.

Reprodução

O comandante Chris Cassidy explicou em vídeo como todos os compartimentos de um banheiro espacial funcionam. Créditos: Nasa/Divulgação

Quando os astronautas terminam de usar o vaso sanitário, eles puxam o revestimento de plástico do buraco e utilizam um equipamento longo para empurrar a sacola para dentro do balde, que fica na parte de baixo. Eles então pegam um novo forro e o esticam ao redor do vaso para que ele esteja pronto para a próxima pessoa que precisar. Ao fim do processo, eles fecham a tampa e desligam a válvula.

De qualquer forma, todo este processo poderá mudar em breve, principalmente para as mulheres, por conta de um novo banheiro que a Nasa criou. No mês passado, a agência enviou ao espaço um novo WHC que custou US$ 23 milhões para ser criado. Os funcionários da Nasa apontam que ele é 65% menor e 40% mais leve do que o utilizado atualmente. A segunda unidade do componente deverá ser instalada na espaçonave Orion no teste de voo da missão Artemis II. 

Fonte: Space