EnglishPortugueseSpanish

Em parceria com a Multilaser, a HMD Global lança nesta quinta-feira (5) os smartphones Nokia 5.3 e Nokia C2 no Brasil. Disponíveis a partir de hoje nos canais da empresa e no varejo, os celulares têm preço sugerido de R$ 1.899 e R$ 799, respectivamente. Eles também serão os primeiros dispositivos da marca a serem fabricados localmente.

Junior Favaro, diretor de marketing e vendas da HMD Global no Brasil, afirmou que a produção local é importante “para escalar os lançamentos e atender o consumidor”. “A gente vai conseguir levar o produto mais rápido e mais acessível”, comentou.

publicidade

O principal destaque dos lançamentos é o Nokia 5.3. O smartphone intermediário traz como diferencial a presença de quatro câmeras na traseira. A principal delas possui 13 MP (f/1.8) de resolução, e a secundária, de ângulo aberto (com alcance de 118º), traz 5 MP. As outras duas câmeras possuem 2 MP cada e são voltadas para fotos macro e com profundidade de campo. Já para selfies, o celular possui uma câmera de 8 MP (f/2).

Reprodução

Nokia 5.3 traz quatro câmeras em uma moldura circular na parte traseira. Imagem: Alvaro Scola/Olhar Digital

No lançamento de hoje, a HMD reforçou que continua focada em expandir a presença da Nokia nos canais digitais brasileiros. Atualmente, informou a empresa, o Nokia 2.3 representa mais de 80% das vendas da marca em seu canal oficial. “O Brasil é um dos mercados prioritários para a HMD Global e onde seguiremos concentrando nossos esforços”, disse Maurizio Angelone, vice-presidente da HMD para a América Latina.

publicidade

O executivo também reforçou que a empresa pretende continuar sua expansão no país. É esperado, também, que ela anuncie outros dois dispositivos por aqui: Nokia 2.4 e 3.4.

Hardware intermediário

O Nokia 5.3 é um dispositivo de nível intermediário. Sua tela LCD possui 6,55 polegadas de tamanho (20:9) com resolução HD+ (1600 x 720 pixels). Assim como o Nokia 2.3, ele também traz um recorte em formato de “gota” para abrigar a câmera e bordas reduzidas, mas não ínfimas. Um diferencial é a presença do leitor biométrico na parte traseira do celular.

A fabricante destaca que ele conta com 128 GB (eMMC 5.1) de armazenamento, 4 GB de RAM (LPDDR4x) e 4.000 mAh de bateria “com duração de até dois dias”. Ele ainda aceita cartões microSD de até 512 GB e dois cartões SIM (chip de operadora) ao mesmo tempo.

As especificações dele ainda incluem o chipset Snapdragon 665 octa-core (2 GHz), anunciado em abril de 2019. Em agosto, a Qualcomm investiu, em conjunto com o Google, US$ 230 milhões na HMD Global.

Reprodução

Smartphone Nokia 5.3 dá continuidade ao projeto de expansão da HMD Global no Brasil. Imagem: HMD Global/Divulgação

O corpo do dispositivo, assim como o Nokia 2.3, é em plástico e pesa cerca de 180 gramas. Por causa da quantidade de câmeras, a traseira do Nokia 5.3 traz um módulo em formato de círculo com todos os sensores alinhados. No meio das câmeras, há ainda o flash LED. Ele traz, entre outros, uma entrada de 3,5 mm (P2) e um botão dedicado para o Google Assistente.

As cores disponíveis para o Nokia 5.3 são verde ciano e cinza. Ele chega para o mercado com Android 11 e até dois anos de atualizações do sistema operacional. A fabricante promete oferecer até três anos de atualizações de segurança. Na última semana, a Nokia foi considerada a marca de celulares Android mais confiável do mercado.

Nokia C2 e parcerias no Brasil

A fabricante também anunciou que o Nokia C2 chega por aqui com fabricação local. O celular básico traz tela HD+ de 5,7″ (1440 x 720p), bateria de 2.800 mAh e Android 9 (Go Edition). Ele ainda possui câmeras de 5 MP na traseira e na frontal, ambas com apoio de um flash LED. O modelo também já pode ser adquirido a partir de hoje. De acordo com Favaro, a HMD Global também planeja lançar um feature phone da Nokia “em breve” no Brasil.

Na estreia dos celulares, a HMD Global anunciou uma parceria com a operadora Claro para disponibilizar os celulares, inicialmente, nos canais on-line e lojas do Rio de Janeiro.

Outro anúncio realizado hoje é a chegada do HMD Connect. O serviço de roaming global da Nokia, disponível em 120 países, chega ao Brasil e oferece 100 MB gratuitos para consumidores que comprarem o Nokia 5.3 no site da Nokia.